GSP vs. Carlos Condit no UFC 137 – Diaz fora

Uma semana e tanto para o Ultimate Fighting Championship ficou mais agitada na tarde de quarta-feira, quando o presidente do UFC, Dana White, revelou na coletiva de imprensa em Las Vegas que o desafiante pelo título meio-médio do campeão do UFC, Georges St-Pierre, no dia 29 de outubro em Las Vegas não será o rei até 77kg do Strikeforce, Nick Diaz, mas sim o "The Natural Born Killer", Carlos Condit.      
      
A chocante notícia aconteceu depois que Diaz não apareceu na coletiva de imprensa em Toronto, na terça-feira, e fez a mesma coisa em Las Vegas. Depois de não retornar algumas ligações, White decidiu sacar o nativo de Stockton, Califórnia da luta principal do UFC 137.      
      
"Eu tive minhas ressalvas com o Nick Diaz", disse White. "Tudo o que pedi ao garoto era jogar o jogo. Eu preciso de você para fazer certas coisas. Você tem que aparecer na coletiva de imprensa, você tem que promover essa luta. Ele olhou para mim e disse que iria, e mentiu para mim. Eu já promovi mais de 1600 lutas e isso nunca aconteceu. Eu prefiro sacar a luta agora, a correr o risco dele não aparecer na noite do UFC 137".      
      
"Nick Diaz perdeu sua chance pelo título meio-médio do UFC, e Carlos Condit terá sua. Esse garoto absolutamente merece".      
      
Sem hesitar em entrar no lugar de Diaz, está outro desafiante digno - Condit - um ex-campeão meio-médio do WEC que vem se dando bem no UFC, vencendo quatro seguidas. Incluindo três nocautes consecutivos sobre Rory MacDonald, Dan Hardy, e Dong Hyun Kim. Aos 27 anos, vindo de Albuquerque, Condit já estava se preparando para um duelo com BJ Penn no UFC 137, quando veio o convite para substituir Diaz.      
      
St-Pierre, de Montreal, invicto em nove lutas desde 2007, quase não perdeu nenhum round nesse período, derrotando Penn, Matt Hughes, Matt Serra, Josh Koscheck, Jon Fitch, Thiago "Pitbull" Alves, Dan Hardy, e Jake Shields. Agora ele vai se preparar para enfrentar Condit no dia 29 de outubro.      
      
"Quando fui para Toronto e ele não, eu não o julguei de imediato", disse St-Pierre. "Achei que algo ruim tinha acontecido. Então conversei com algumas pessoas e é uma falta de profissionalismo. Existem três partes para promover uma luta - o UFC, eu e Nick Diaz. Eu apareci para fazer meu trabalho e o Nick Diaz não, e há conseqüências. Eu nunca teria feito algo assim".     
      
As notícias de quarta-feira vieram em uma semana em que o UFC anunciou os planos para o retorno da organização até o Japão em 2012, o contrato com Alistair Overeem, uma luta entre Brock Lesnar e Overeem em dezembro, Ben Henderson-Clay Guida em novembro, e Josh Koscheck  substituindo o contundido Diego Sanchez, no UFC 135 do dia 24 de setembro.      
      
Ainda não temos notícias sobre o futuro Diaz na organização ou de um novo adversário para Penn.    


Midia

Recente
UFC Fight Night open workouts at the SAP Center on July 24, 2014 in San Jose, California. (Photos by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
24/07/2014
Kyle Kingsbury fará seu retorno ao Octógono após quase dois anos se recuperando de uma segunda fratura no osso orbital do olho esquerdo. Ele vai lutar com Patrick Cummins no Fight Night San Jose.
24/07/2014
A correspondente do UFC Megan Olivi entrevista Daniel Cormier logo após o anúncio de sua luta no UFC 178.
23/07/2014
Veja o ex-destaque do UFC Chael Sonnen diante da Comissão Atlética de Nevada, na quarta-feira, dia 23 de julho, falando sobre suas ter falhado em dois testes anti-doping. Sonnen levou uma suspensão de dois anos.
23/07/2014