Declaração da Zuffa sobre Thiago Tavares

Zuffa, LLC, empresa que detém os direitos do Ultimate Fighting Championship®, envia nesta quarta-feira, dia 06, informações relacionadas aos exames antidoping aplicados no UFC São Paulo, realizado no Ginásio do Ibirapuera no dia 19 de janeiro.

Todos os 22 lutadores presentes no card do UFC São Paulo foram testados no evento e 21 deles passaram nos testes. Já o resultado do lutador brasileiro Thiago Tavares detectou a presença de Drostanolona, um esteroide anabólico considerado substância banida. Tavares já foi notificado da punição de nove meses, contabilizados desde a data da realização do evento. Após o término do período, Thiago terá que realizar um novo teste para checar se está apto para voltar a competir.

A Zuffa esclarece que os testes do lutador Vitor Belfort deram negativo e não indicaram a presença de nenhuma substância proibida para aumento da melhora de performance. Belfort está em terapia de reposição de testosterona (TRT) sob supervisão de um médico do Estado de Nevada (EUA) por ter sido diagnosticado com hipogonadismo. O objetivo da TRT é permitir que o paciente consiga atingir níveis de testosterona normais para um homem adulto.

“O UFC tem o compromisso com a transparência e tolerância zero com o doping”, disse Dana White, presidente do UFC.

Midia

Recente
Cub Swanson fala sobre a estratégia adotada para enfrentar Artem Lobov na luta principal do UFC Nashville.
23/04/2017
Cub Swanson venceu Artem Lobov em luta eletrizante de cinco rounds no UFC Nashville.
22/04/2017
Al Iaquinta revela sua admiração por Diego Sanchez, rival no UFC Nasvhille.
23/04/2017
Em seu retorno ao octógono após dois anos afastado, Al Iaquinta nocauteou Diego Sanchez no primeiro round da luta realizada no UFC Nashville.
22/04/2017