Declaração da Zuffa sobre Thiago Tavares

Zuffa, LLC, empresa que detém os direitos do Ultimate Fighting Championship®, envia nesta quarta-feira, dia 06, informações relacionadas aos exames antidoping aplicados no UFC São Paulo, realizado no Ginásio do Ibirapuera no dia 19 de janeiro.

Todos os 22 lutadores presentes no card do UFC São Paulo foram testados no evento e 21 deles passaram nos testes. Já o resultado do lutador brasileiro Thiago Tavares detectou a presença de Drostanolona, um esteroide anabólico considerado substância banida. Tavares já foi notificado da punição de nove meses, contabilizados desde a data da realização do evento. Após o término do período, Thiago terá que realizar um novo teste para checar se está apto para voltar a competir.

A Zuffa esclarece que os testes do lutador Vitor Belfort deram negativo e não indicaram a presença de nenhuma substância proibida para aumento da melhora de performance. Belfort está em terapia de reposição de testosterona (TRT) sob supervisão de um médico do Estado de Nevada (EUA) por ter sido diagnosticado com hipogonadismo. O objetivo da TRT é permitir que o paciente consiga atingir níveis de testosterona normais para um homem adulto.

“O UFC tem o compromisso com a transparência e tolerância zero com o doping”, disse Dana White, presidente do UFC.

Midia

Recente
Mascarados, fantasiados e com os rostos pintados. Os nossos lutadores também têm o seu momento de folião. Relembre algumas das encaradas que podem muito bem servir com inspiração para esse Carnaval.
24/02/2017
Relembre vitória por decisão unânime de Stephen Thompson sobre Rory MacDonald no UFC Ottawa, em 2016. Thompson volta ao octógono em revanche pelo cinturão dos meio-médios contra o campeão Tyron Woodley, no dia 4 de março, no UFC 209.
20/02/2017
Relembre o primeiro duelo entre o campeão Tyron Woodley e Stephen Thompson, que terminou com empate majoritário. Os lutadores fazem revanche pelo cinturão dos meio-médios em 4 de março, no UFC 209.
20/02/2017
Relembre vitória por nocaute do campeão Tyron Woodley sobre Josh Koscheck no UFC 167, em 2013. Woodley defende o cinturão dos meio-médios em revanche contra Stephen Thompson no dia 4 de março, no UFC 209.
24/02/2017