Pular para o conteúdo principal

#1 Peso-pena Categoria

#7 PFP

Ativo

"The Great"

Alexander Volkanovski

Peso-pena Categoria

26-4-0 (W-L-D)

13

Vitórias por nocaute

3

Vitórias por finalização

7

Vitórias no 1º round

Alexander Volkanovski

Histórico do atleta

Informações

Saiba mais sobre a história de Alexander Volkanovski no UFC, marcas no Octógono e curiosidades.

Status
Ativo
Cidade natal
Wollongong, Austrália
Equipe
Freestyle Fighting Gym
Idade
35
Altura
66.00
Peso
144.50
Estreia no UFC
15.10.16
Envergadura
71.50
Alcance das pernas
36.00
  • Profissional desde 2012

     
  • 13 vitórias por nocaute, três por finalização (um triângulo, um mata-leão, uma guilhotina)

     
  • Sete vitórias no 1° round

     
  • Vencedor de 23 de suas últimas 25 lutas

     
  • Cinco defesas de cinturão bem sucedidas

UFC 294 (21/10/23) Volkanovski perdeu para Islam Makhachev por nocaute aos 3m06s do 1° round em uma luta válida pelo cinturão peso-leve do UFC.

UFC 290 (8/7/23) Volkanovski venceu Yair Rodriguez por nocaute técnico aos 4m19s do 3° round e manteve o cinturão peso-pena do UFC.

UFC 284 (12/2/23) Volkanovski perdeu para Islam Makhachev por decisão dividida em uma luta válida pelo cinturão peso-leve do UFC.

UFC 276 (2/7/22) Volkanovski venceu Max Holloway por decisão unânime e manteve o cinturão peso-pena do UFC.

UFC 273 (9/4/22) Volkanovski venceu Chan Sung Jung por nocaute técnico aos 45s do 4° round e manteve o cinturão peso-pena do UFC.

UFC 266 (25/9/21) Volkanovski venceu Brian Ortega por decisão unânime e manteve o cinturão peso-pena do UFC.

UFC 251 (11/7/20) Volkanovski venceu Max Holloway por decisão dividida e manteve o cinturão peso-pena do UFC.

UFC 245 (14/12/19) Volkanovski venceu Max Holloway por decisão unânime e conquistou o cinturão peso-pena do UFC.

UFC 237 (11/5/19) Volkanovski venceu José Aldo por decisão unânime.

UFC 232 (29/12/18) Volkanovski venceu Chad Mendes por nocaute técnico aos 4m14s do 2° round.

UFC Boise (14/7/18) Volkanovski venceu Darren Elkins por decisão unânime.

UFC 221 (11/2/18) Volkanovski venceu Jeremy Kennedy por nocaute técnico aos 4m57s do 2° round.

UFC Sydney (19/11/17) Volkanovski venceu Shane Young por decisão unânime.

UFC Auckland (11/6/17) Volkanovski venceu Mizuto Hirota por decisão unânime.a

UFC Melbourne (26/11/16) Volkanovski venceu Yusuke Kasuya por nocaute técnico aos 2m06s do 2° round.

 

Quando e por que você começou a treinar para lutar? Comecei a treinar em 2011 para manter a forma, pois na época eu era jogador profissional da liga de rúgbi. 

Quais graduações e títulos você já conquistou? Campeão peso-pena do UFC, campeão mundial dos pesos-penas do PXC, 2X campeão dos pesos-penas do AFC, campeão dos pesos-médios do WARS MMA, campeão dos pesos-penas do WARS MMA, campeão dos pesos-médios do RMMA, campeão dos pesos-leves do RMMA, campeão dos pesos-médios do Cage Conquest, Tapology, classificado como o número 1 em termos de peso por libra na Austrália, Nova Zelândia e Sudeste Asiático, Fight Matrix, número 1 em termos de pesos-penas e pesos-leves na Oceania e número 36 no mundo.

Você tem algum herói? Chuck Liddell. Eu nunca teria entrado no MMA se não fosse por sua influência no esporte. 

O que significa para você lutar no UFC? Eu sabia, desde o primeiro dia em que entrei no ginásio de MMA, que eu tinha o que era preciso para conseguir não apenas competir no UFC, mas ir até o fim. Finalmente tive minha chance depois de abandonar uma carreira bem-sucedida na liga de rúgbi e colocar a vida da minha família em espera, o que prova que tomei as decisões certas e que provei meu valor para minha esposa e minha família que me apoiam.

Você fez faculdade e, se sim, qual foi seu diploma? Terminei o ensino médio algumas semanas depois do 11º ano para assumir uma função de concretagem na empresa da família.

Qual era o seu trabalho antes de começar a lutar? Concretagem para a empresa da família.

Realizações específicas em competições amadoras? Fiz apenas quatro lutas amadoras e todas elas foram nocautes no primeiro round, com um tempo total combinado de menos de cinco minutos em toda a minha carreira amadora.

Realizações específicas em competições profissionais? Nunca lutei contra um oponente com um histórico de derrotas. Detesto lutas que não pareçam iguais e nunca fui de aumentar meu recorde. Tenho uma vitória por nocaute sobre o veterano do UFC Anton Zafir, nocauteei Rodolfo Marques e Jamie Mullarkey. Das minhas 13 vitórias iniciais, 11 foram por nocaute ou finalização.

Graduações em artes marciais: Faixa-marrom de BJJ, medalha de ouro em luta livre nacional.

Técnica de grappling favorita: Ground and pound na meia-guarda.

Técnica de striking favorita: Minha marca registrada, o overhand de direita.