Pular para o conteúdo principal

#3 Peso-leve Categoria

Ativo

"The Highlight"

Justin Gaethje

Peso-leve Categoria

26-5-0 (W-L-D)

20

Vitórias por nocaute

9

Vitórias no 1º round

Justin Gaethje

Histórico do atleta

Informações

Saiba mais sobre a história de Justin Gaethje no UFC, marcas no Octógono e curiosidades.

Status
Ativo
Cidade natal
Tucson, Estados Unidos
Equipe
Genesis Training Center
Estilo de luta
MMA
Idade
35
Altura
71.00
Peso
156.00
Estreia no UFC
08.07.17
Envergadura
70.00
Alcance das pernas
40.00
  • Profissional desde 2011

     
  • 20 vitórias por nocaute, uma por finalização (mata-leão)

     
  • Nove vitórias no 1° round

     
  • Vencedor de sete de suas últimas nove lutas

     
  • Possui vitórias sobre os ex-UFC Drew Fickett, Dan Lauzon, Melvin Guillard, Brian Foster e Brian Cobb

     
  • Também derrotou os veteranos do PRIDE Luiz Firmino e do Strikeforce Gesias Cavalcante

UFC 291 (29/7/23) Gaethje nocauteou Dustin Poirier a 1m do 2° round.

UFC 286 (18/3/23) Gaethje venceu Rafael Fiziev por decisão majoritária.

UFC 274 (7/5/22) Gaethje perdeu para Charles Oliveira por finalização (mata-leão) aos 3m22s do 1° round em uma luta válida pelo cinturão vago peso-leve do UFC.

UFC 268 (6/11/21) Gaethje venceu Michael Chandler por decisão unânime.

UFC 254 (24/10/20) Gaethje perdeu para Khabib Nurmagomedov por finalização (triângulo) a 1m34s do 2° round em uma luta válida pelo cinturão peso-leve do UFC.

UFC 249 (9/5/20) Gaethje venceu Tony Ferguson por nocaute técnico aos 3m39s do 5° round e conquistou o cinturão interino peso-leve do UFC.

UFC Vancouver (14/9/19) Gaethje venceu Donald Cerrone por nocaute técnico aos 4m18s do 1° round.

UFC Philadelphia (30/3/19) Gaethje venceu Edson Barboza por nocaute aos 2m30s do 1° round.

UFC Lincoln (25/8/18) Gaethje venceu James Vick por nocaute a 1m27s do 1° round.

UFC Glendale (14/4/18) Gaethje perdeu para Dustin Poirier por nocaute técnico aos 33s do 4° round.

UFC 218 (2/12/17) Gaethje perdeu para Eddie Alvarez por nocaute aos 3m59s do 3° round.

TUF 25 Finale (7/7/17) Gaethje venceu Michael Johnson por nocaute técnico aos 4m48s do 2° round.

Quando e por que você começou a treinar para lutar? Eu cresci lutando e lutar nunca foi algo que eu nunca sonhei em fazer. Nunca participei de uma briga de rua, mas comecei a fazer lutas amadoras na faculdade e ganhei sete seguidas e, depois da faculdade, tornei-me profissional e não perdi nenhuma. Eu só queria ser o melhor em qualquer coisa que estivesse fazendo, e isso me colocou nessa ótima posição em que estou agora.

Quais graduações e títulos que você já conquistou? Ex-campeão interino dos pesos-leves do UFC, campeão dos pesos-leves do World Series of Fighting (cinco defesas de título bem-sucedidas).

Você tem algum herói? Meus pais.

O que significa para você lutar no UFC? Sem dúvida, é algo especial para mim, mas a maneira como estou encarando isso é que essa luta não é diferente da primeira luta que fiz.

Você fez faculdade e, se sim, qual foi seu diploma? Universidade do Norte do Colorado. Estou a um estágio de concluir meu bacharelado em Serviços Humanos.

Qual era o seu trabalho antes de começar a lutar? Eu era estudante e depois aceitava trabalhos aleatórios. Trabalhava com demolição, pintura, era segurança em um clube de bilhar, enfim, qualquer coisa para poder continuar treinando e seguir meu objetivo.

Realizações específicas em competições amadoras? 7-0 no MMA, 2010 Divisão I All-American, terminei em sétimo lugar no torneio da NCAA.

Técnica de grappling favorita: Double leg explosivo.

Técnica de striking favorita: Uppercut.