Pular para o conteúdo principal

Peso-palha feminino Categoria

#2 PFP

Ativo

Title Holder

"Magnum"

Zhang Weili

Peso-palha feminino Categoria

25-3-0 (W-L-D)

11

Vitórias por nocaute

8

Vitórias por finalização

11

Vitórias no 1º round

Zhang Weili

Histórico do atleta

Informações

Saiba mais sobre a história de Zhang Weili no UFC, marcas no Octógono e curiosidades.

Status
Ativo
Cidade natal
Hebei, China
Estilo de luta
Muay Thai
Idade
34
Altura
64.00
Peso
115.00
Estreia no UFC
04.08.18
Envergadura
63.00
Alcance das pernas
36.00
  • Profissional desde 2013

     
  • 11 vitórias por nocaute, oito por finalização (três chaves de braço, quatro mata-leões, uma guilhotina)

     
  • Vencedora de 24 de suas últimas 26 lutas, sendo três seguidas

     
  • Perdeu a estreia profissional, 24-2 desde então

     
  • 11 vitórias no 1º round

     
  • Primeira chinesa a conquistar um título do UFC

UFC 292 (19/8/23) Zhang venceu Amanda Lemos por decisão unânime e manteve o cinturão peso-palha do UFC. 

UFC 281 (12/11/22) Zhang venceu Carla Esparza por finalização (mata-leão) e reconquistou o cinturão peso-palha do UFC.

UFC 275 (11/6/22) Zhang venceu Joanna Jedrzejczyk por nocaute aos 2m28s do 2º round.

UFC 268 (6/11/21) Zhang perdeu para Rose Namajunas por decisão dividida em uma luta válida pelo cinturão peso-paha do UFC.l

UFC 261 (24/4/21) Zhang perdeu para Rose Namajunas por nocaute a 1m18s do 1º round e perdeu o cinturão peso-palha do UFC.

UFC 248 (7/3/20) Zhang venceu Joanna Jedrzejczyk por decisão dividida e manteve o cinturão peso-palha do UFC.

UFC Shenzen (31/8/19) Zhang venceu Jéssica Andrade por nocaute técnico aos 42s do 1º round e conquistou o cinturão peso-palha do UFC.

UFC 235 (2/3/19) Zhang venceu Tecia Torres por decisão unânime.

UFC Beijing (24/11/18) Zhang venceu Jessica Aguilar por finalização (chave de braço) aos 3m41s do 1º round.

UFC 227 (4/8/18) Zhang venceu Danielle Taylor por decisão unânime.

TREINAMENTO: Corrida de 6 km pela manhã e, em seguida, treinamento de técnica em pé. Jiu-jitsu, condicionamento físico, luta livre e MMA à noite.

Quando e por que você começou a treinar para lutar? Eu era um atleta de Sanda e treinava Sanda até encontrar o MMA. As regras do MMA realmente tornaram meus sonhos possíveis e, naquele momento, eu disse a mim mesmo: "UFC, estou chegando".

Você tem algum herói? Meu pai.

O que significa para você lutar no UFC? É a realização de um sonho e um novo começo. É um passo mais perto do meu objetivo. Ainda me lembro que, em 23 de fevereiro de 2013, o evento principal do UFC 157 foi com Ronda Rousey e Liz Carmouche. Essa foi a batalha que mostrou que a maior organização de luta do mundo estava oficialmente aberta às mulheres. Desde então, eu esperava poder estar aqui e me tornar a melhor entre elas e realizar o maior sonho no coração de todo atleta - o cinturão de ouro.

Qual era o seu trabalho antes de começar a lutar? Atleta de Sanda, instrutora de fitness.

Graduações em qualquer estilo de arte marcial: Faixa-roxa em jiu-jítsu.