Pular para o conteúdo principal

"Adoraria lutar contra a Bethe no Brasil", diz Ronda

Campeã do UFC disse que já foi vaiada em mais de 30 países

A campeã Ronda Rousey esteve no Brasil para assistir ao UFC Fight Night, sábado (13), e a pergunta que mais escutou foi se aceitaria uma luta contra a brasileira Bethe Correia, que a desafiou depois de vencer Shayna Baszler, em agosto.

"Adoraria um desafio contra ela (Bethe) no Brasil. Sou o tipo de pessoa que não me intimido em lutar fora de casa", disse a norte-americana, para depois brincar: "Fui vaiada em mais de 30 países, é sempre a mesma coisa. Não sei como eles entraram em acordo".

Deixando a brincadeira de lado, Ronda, que já venceu lutas de judô no Brasil, disse que seria um sonho voltar a lutar no país, mas que iria desapontar os torcedores locais. "Vou fazer o possível para dar um bom show, e ter o maior respeito possível dos fãs brasileiros".
 *Habilite as legendas no Youtube para ler a tradução