Skip to main content

Aldo defenderá cinturão contra E. Kock na luta principal do UFC Rio 3

Brasileiro coloca cinturão dos penas em jogo contra jovem americano no dia 13 de outubro, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro  

Cristiano Marcello, brasileiro participante da 15ª edição do TUF americano, também é confirmado e enfrentará sueco Reza Madadi  

Aldo e Marcello juntam-se a Glover Teixeira e Rony Jason como os brasileiros confirmados no card até o momento; Cezar Mutante ainda aguarda liberação médica 

Campeão dominante dos pesos penas, José Aldo foi confirmado pelo Ultimate Fighting Championship para a luta principal do UFC Rio (153), que será realizado no dia 13 de outubro, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro. O brasileiro defenderá seu cinturão pela segunda vez consecutiva na Cidade Maravilhosa contra o jovem americano Erik Koch. Essa luta estava anteriormente marcada para o UFC 149, que acontece neste sábado, dia 21, em Calgary (Canadá), mas uma lesão tirou o brasileiro do card e, consequentemente, a luta do evento.  

Outra luta confirmada pela organização terá o brasileiro Cristiano Marcello, uma das estrelas da 15ª edição do TUF americano, contra o sueco Reza Madadi, que vem de vitória por finalização sobre o cubano Yoislandy Izquierdo no UFC On Fuel TV 2, em abril desse ano. Essa será a chance de o curitibano se reabilitar, já que sofrera nocaute para o americano Sam Sicilia no TUF 15 Finale.  

Koch (13-1-0), de apenas 23 anos, pode se tornar o campeão mais jovem da história do Ultimate Fighting Championship. Sua última luta aconteceu no UFC Fight Night 25, em setembro de 2011, com vitória por decisão unânime dos juízes sobre Jonathan Brookins.

“É um grande lutador. Fez por onde para receber essa chance, mas lá dentro eu vou defender ao máximo a minha torcida e meu país”, disse Aldo, analisando em seguida as características do adversário: “Ele tem um bom jogo em pé, por conta do kickboxing. O público só tem a ganhar com isso”, analisou o campeão José Aldo.  

Aldo (21-1-0) partirá para a quarta defesa do cinturão e, pela segunda vez seguida, em solo carioca. Mais um motivo de felicidade.

“Sou sim um felizardo por poder lutar em casa duas vezes seguidas. Já sinto a mesma energia. Talvez até mais renovada. Em janeiro (UFC 142), já deu para sentir bem a força da galera. Foi o máximo. Se para aquela luta me preparei bastante, agora vou me preparar em dobro para dar mais um grande show para os meus fãs”, comentou o campeão dos penas.  

Além de José Aldo vs Erik Koch e Cristiano Marcello vs Reza Madadi, o UFC Rio (153) já tivera confirmada a luta entre Glover Teixeira e Quinton “Rampage” Jackson. Campeão do TUF Brasil Rony Jason é outro brasileiro confirmado para o card, entretanto, sem oponente definido. Cezar Mutante também foi convidado pela organização, mas ainda aguarda liberação médica.