Pular para o conteúdo principal

Aldo fala sobre encarada e a luta contra McGregor: 'vou entrar e sair campeão'

Brasileiro disse que rival ficou surpreso ao saber que iria encontrá-lo no TUF


A rivalidade entre o campeão José Aldo e o campeão interino Conor McGregor é considerada uma das maiores do MMA. Os dois lutadores já cansaram de trocar farpas, se estranharam em encaradas e quase começaram a luta antes da hora. Nos últimos dias, Aldo esteve nas gravações do The Ultimate Fighter em Las Vegas e apareceu de surpresa para olhar nos olhos do seu maior rival.
Aldo e Reymond | McGregor pede antidoping | Aldo e McGregor se estranham novamente | Assine o Combate

“Foi uma encarada tranquila, ele não esperava que eu estivesse ali, então não conseguiu pensar em nada para fazer. Nem eu sabia se iria rolar mesmo a encarada. Mas tudo isso é muito tranquilo, sempre acontece quando temos luta marcada. Não tem problema algum, faz parte do show”, disse Aldo, que tem luta marcada contra McGregor no UFC 194, em de dezembro, em Las Vegas.

A lesão na costela é passado e Aldo já está treinando normalmente, mas quando conversou com a reportagem do UFC Brasil ele estava apenas ajudando os amigos com conselhos à beira do tatame na Nova União. André Pederneiras, seu treinador, também observava de perto e comentou que esse é um dos segredos do sucesso do campeão. “Ele continua o mesmo, faz questão de ajudar quem está começando a carreira. É um campeão que está sempre dentro da academia, mesmo que não esteja treinando”.

A luta contra McGregor será apenas no último mês do ano, mas Aldo já está visualizando como será o desfecho. “Não me importa se será nocaute ou finalização, tenho certeza que vou entrar e sair como campeão”, disse um confiante José Aldo, para depois revelar o que acha das provocações do irlandês. “Não vejo problema, tudo isso faz parte. Ele falar besteira só vai trazer mais dinheiro. O McGregor pode fazer o que quiser, nada vai tirar meu foco para essa luta”.

Aldo e McGregor deveriam ter se enfrentado em julho, mas uma lesão na costela obrigou o brasileiro a abandonar o confronto. O campeão assume que ficou triste com a decisão dos médicos, mas aproveitou o tempo de descanso para ficar mais com sua família e rever com os treinadores o que precisa melhorar para entrar no octógono.
Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias