Pular para o conteúdo principal
Notícias

Amanda Nunes tem um motivo mais que especial para vencer no UFC 259

Brasileira campeã em duas categorias e sua esposa Nina Ansaroff estão vivendo uma nova fase com a filha Raegan

Além dos incríveis feitos no Octógono do Ultimate, a brasileira Amanda Nunes tem um motivo a mais para sorrir: a recém-nascida Raegan. Nesta quarta-feira (3), Amanda e sua esposa Nina Ansaroff trouxeram a filha para a sua primeira semana de luta. E a experiência foi incrível, como você bem pode ver na foto acima. 

Aliás, a pergunta que Amanda mais respondeu é se cuidar de um bebê não atrapalhou sua preparação para a luta contra Megan Anderson neste sábado (6). Mas ela, assim como Nina, garante que Raegan chegou para melhorar ainda mais, se é que é possível, o desempenho da campeã. 

“É uma fase muito gostosa e gratificante, a Raegan é só felicidade desde a hora que acorda. Ela dorme sete horas seguidas, acorda para tomar leite e volta a dormir sem reclamar de nada. Eu estava indo treinar muito mais feliz, porque ser mãe é um amor que eu não consigo explicar para ninguém”, disse Amanda. 

Brasil

“Ela está muito mais responsável nos últimos meses. Antes eu fazia tudo em casa, agora ela está ajudando demais. A Amanda tinha um problema com horário, estava quase sempre atrasada, mas ultimamente ela tem sido muito pontual. São nessas pequenas melhoras que tenho notado como ela vem mudando”, brincou Nina. 

Primeira campeã assumidamente homossexual do Ultimate, Amanda Nunes tem certeza de que a filha chegou na sua vida para que ela continue quebrando barreiras e mostrando para as pessoas que pode fazer o que quiser. E Raegan que se prepare, porque, se depender de Nina, ela terá mais duas irmãs. 

“A Raegan veio por um motivo muito especial. Eu sou gay, quero mostrar para as pessoas que eu posso ser mãe, posso dar amor para a minha filha. Ela veio para fazer o bem para a minha vida, mas também para eu dividir isso com todo o mundo. Mostrar que o amor está acima de qualquer coisa”, encerrou a campeã.