Pular para o conteúdo principal
Resultados

André Sergipano e Priscila Pedrita dão show no card preliminar do UFC 262

Peso médio finalizou o compatriota Ronaldo Jacaré, enquanto a peso-mosca nocauteou Gina Mazany

Três lutadores do país entraram no Octógono no card preliminar do UFC 262, realizado em Houston, neste sábado (15). André Sergipano conseguiu mais uma grande finalização e saiu vitorioso no duelo brasileiro contra Ronaldo Jacaré, enquanto Priscila Pedrita nocauteou Gina Mazany. Veja um resumo de ambas as lutas.

Sergipano finaliza Jacaré

No duelo brasileiro, melhor para André Sergipano. O lutador mostrou mais uma vez seu jiu-jítsu afiado no Octógono e finalizou a lenda Ronaldo Jacaré no 1º round.

Social Post

"É inacreditável. Quando aceitei essa luta, acho que ninguém esperava ou apostava que eu venceria dessa forma. Acho que nem eu teria apostado nisso, mas eu trabalhei muito duro. Tive que treinar meu jiu-jítsu duas vezes mais, porque sabia que enfrentaria um dos mais altos níveis de jiu-jítsu no MMA. Eu sou um grande fã do Jacaré. Sigo sua carreira há muito tempo, então ainda não caiu a ficha de que o venci."

Os dois lutadores trocaram golpes no começo e Jacaré conseguiu uma boa queda. O veterano tentou o ground and pound, mas Sergipano levantou. O lutador passou a pressionar Jacaré e conseguir boas quedas, até que mochilou o veterano e em um movimento rápido, foi para o braço de Jacaré, se tornando o primeiro atleta a finalizar o compatriota.

Pedrita nocauteia no segundo round

Ela conquistou o segundo nocaute seguido! Priscila Pedrita teve dificuldades no começo, mas saiu vitoriosa em seu duelo contra Gina Mazany.

Social Post

"Nunca me senti tão calma para uma luta porque foram cinco meses de muito trabalho, suor e sacrifício. Eu não podia deixar isso ser em vão. Não senti as borboletas no estômago. Até achei isso estranho, mas foi porque minha mente estava tranquila por saber que fizemos um bom trabalho nos treinos. Quando fui ao chão nas minhas outras lutas, entrei em pânico, porque lembrava da luta com a Valentina (Shevchenko). Dessa vez, sabia que só precisava ficar calma."

Pedrita começou tentando encurralar Mazany, mas a norte-americana conseguiu levar a brasileira para o solo. Pedrita buscava colocar a luta em pé novamente, mas Mazany mantinha o duelo na meia-guarda. Faltando menos de dois minutos, a brasileira ficou em pé e acertou bons golpes, mas a rival conseguiu colocar o duelo no chão novamente.

Foi no segundo round, porém, que veio o momento decisivo. Tudo parecia que seria uma repetição do primeiro assalto, mas Pedrita se mostrou mais ativa do que Mazany no chão. Após um tempo de inatividade de ambas, o árbitro mandou o duelo voltar a ficar em pé. Claramente mais descansada do que a norte-americana, Pedrita passou a acertar bons golpes e uma cotovelada abalou Mazany, que buscava a queda de forma desesperada. A brasileira, porém, se manteve em pé e conseguiu o nocaute faltando nove segundos para o fim do round.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube