Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Antes de revanche, Bader garante que evoluiu muito mais que Minotouro

Meio-pesados se enfrentaram pela primeira vez em 2010


O ano era 2010 e Ryan Bader, uma das principais promessas na divisão meio-pesado, enfrentava o grande teste de sua carreira no duelo contra o já experiente Rogério Minotouro.
Bader se saiu bem, vencendo o brasileiro por decisão unânime em um combate no qual mostrou todo seu arsenal de quedas, anulando o boxe de Rogério.
Para a revanche, no entanto, o norte-americano promete mostrar novas armas.
“Obviamente, ele não é um wrestler e eu sou. Sou um dos melhores na divisão e vou usar isso com certeza. Na última vez, derrubei ele quando quis, consegui todos meus takedowns, mas não sou mais aquele cara, nem perto disso”, disse Bader em entrevista coletiva por Skype com a imprensa no Rio de Janeiro, “Sou bom em pé, no chão, experiente e lutei com todo mundo no MMA. Na época, foi uma luta em que eu tinha que levar para baixo porque não era tão confiante em pé. Mas, agora, me sinto confortável em pé”.
Aos 33 anos, o vencedor do TUF 8 vem de seis vitórias em suas últimas sete lutas, sendo a única derrota para o atual desafiante ao cinturão da divisão, Anthony Johnson.
Bader vai em busca de sua primeira disputa de cinturão no Ultimate, e sabe que uma boa vitória sobre um lutador como Rogério pode aproximá-lo rapidamente do seu objetivo.
“Nogueira sempre foi um grande lutador, durante toda sua carreira. Mas acho que há mais mudança em mim do que nele (desde o primeiro duelo). Acho que eu evoluí mais desde a primeira luta. Vocês podem ver isso nas minhas lutas: estou mais rodado e cada vez mais confortável lutando em pé”, disse o norte-americano, “Quando eu lutei com ele, era uma das minhas primeiras lutas contra grandes nomes. Eu era basicamente um wrestler com mãos pesadas, mas não sabia muito o que fazer em pé. Então, eu evoluí muito mais do que ele”.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC