Pular para o conteúdo principal

Anthony Pettis volta ao octógono para dar mais um show

Campeão dos leves coloca seu cinturão em jogo contra Gilbert Melendez neste sábado (06), na segunda luta principal do UFC 181

O campeão dos leves do UFC, Anthony Pettis, tem apenas 27 anos e já pode ser considerado um dos melhores lutadores do mundo. O norte-americano, conhecido como Showtime pelos chutes rápidos e plasticidade dos golpes, começou seu domínio na categoria em 2013 e hoje ocupa a sexta posição no ranking peso-por-peso do Ultimate. Mas o caminho percorrido até chegar nesse ponto foi marcado por diversas dificuldades e uma grande rivalidade com o ex-campeão dos leves, Ben Henderson, desde os tempos do extinto WEC.

Na última edição do evento, em 2010, os atletas fizeram a luta principal da noite valendo o cinturão dos leves, que pertencia a Henderson. Fazendo jus ao seu apelido, Pettis aplicou um chute espetacular, utilizando a grade como apoio para acertar o rosto do rival, que caiu no chão e por pouco não foi nocauteado. Ao final de cinco rounds, Showtime foi considerado o vencedor do duelo e campeão do WEC.

- UFC 181: AO VIVO e exclusivo, no Canal Combate

Com a incorporação do evento ao Ultimate, Pettis foi derrotado por Clay Guida em sua estreia, no TUF Finale 13, e ficou longe do título. Buscando voltar novamente ao topo, ex-campeão do WEC venceu Jeremy Stephens, Joe Lauzon e Donald Cerrone, até ter a oportunidade de enfrentar Henderson novamente pelo cinturão dos leves, no UFC 164, em 2013, após o adversário original, TJ Grant, se lesionar. Repetindo a história de três anos antes, Pettis venceu a luta e conquistou o título, dessa vez utilizando uma chave de braço para acabar com o duelo no primeiro round.

Em alta com os fãs e com o cinturão em mãos, o norte-americano ainda foi escolhido por consumidores para estampar a caixa de uma marca de cereais dos Estados Unidos, vencendo outros cinco atletas que vêm ganhando destaque no esporte. Agora, o treinador da TUF 20 encara Gilbert Melendez, neste sábado (06), no coevento principal do UFC 181, colocando pela primeira vez seu título em jogo e buscando mostrar, mais uma vez, que seu apelido não é por acaso.

UFC 181, 6 de dezembro, Las Vegas

Card Principal
Johny Hendricks x Robbie Lawler, peso-meio-médio
Anthony Pettis x Gilbert Melendez, peso-leve
Travis Browne x Brendan Schaub, peso-pesado
Todd Duffe x Anthony Hamilton, peso-pesado
Tony Ferguson x Abel Trujillo, peso-leve

Card Preliminar
Urijah Faber x Francisco Rivera, peso-galo
Eddie Gordon x Josh Samman, peso-médio
Corey Anderson x Justin Jones, peso-meio-pesado
Raquel Pennington x Ashlee Evans-Smith, peso-galo
Matt Hobar x Sergio Pettis, peso-galo
Clay Collard x Alex White, peso-pena