Pular para o conteúdo principal
Entrevistas

Aos 42 anos, Massaranduba sobe de peso para “prolongar a carreira e viver mais”

Brasileiro estreia na divisão dos meio-médios dia 5 de junho contra Muslim Salikhov no UFC Vegas 28

Grande parte dos atletas profissionais, sejam de MMA ou qualquer outro esporte, não competem até os 42 anos de idade, muito menos iniciam uma nova etapa na carreira nesta altura da vida. Mas é justamente isso que Francisco “Massaranduba” Trinaldo está prestes a fazer.

Há 15 anos no mundo das artes marciais mistas e há mais de oito lutando entre os pesos-leves do Ultimate, o piauiense fará no dia 5 de junho, no UFC Vegas 28, sua primeira luta pela divisão dos meio-médios.

"Estou subindo de peso para lutar mais vezes”, disse Massaranduba em entrevista exclusiva ao UFC Brasil, “Todo mundo sabe que cortar muito peso não é saudável. Você deixa um pouco de viver. Você vive em função de tirar peso. Eu pensei nisso: em prolongar um pouco da minha carreira, fazer mais lutas e viver um pouco mais".

Inscreva-se para receber a Newsletter do UFC

Francisco Trinaldo CT

Com 33 lutas profissionais no cartel, o brasileiro somente não bateu o peso para um combate uma única vez: em seu compromisso mais recente, contra Jai Herbert, no último mês de julho. Na ocasião, Massaranduba venceu por nocaute técnico, chegando ao seu terceiro triunfo seguido no Octógono.

Com esse retrospecto, a mudança de divisão não era uma decisão óbvia; mas o sentimento expressado pelo lutador ao falar sobre sua profissão deixa claro o porquê de ele não querer abandoná-la tão cedo.

"Eu tenho prazer e gosto do que eu faço”, disse, “Só sei fazer isso de bom, e acho que faço bem. Eu gosto de treinar. Os caras ainda vão me ver muito tempo lutando em alto rendimento. Quando marcam luta para mim, fico muito feliz. Minha felicidade é ganhar uma luta, sair na mão com outro cara".

O “outro cara” desta vez será o russo Muslim Salikhov, de 36 anos, que chega para o confronto embalado por quatro triunfos seguidos no Octógono.

Empolgado e ansioso para dar início a essa nova fase, o brasileiro encerrou a conversa falando sobre suas expectativas para o duelo e mostrando em seu discurso que, se por um lado a divisão será outra, por outro, Francisco Massaranduba será sempre o mesmo.

"Estou esperando uma grande luta”, disse, “Eu vou querer machucar ele. Ele está vindo de quatro vitórias e eu vou quebrar essas vitórias. Eu vou meter a porrada nesse russo, não tem para onde ele ir. Um de nós dois vai cair, e eu acho que vai ser ele".

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube