Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Após ano decepcionante, Alexander Gustafsson está de volta e motivado

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados enfrenta Jan Blachowicz no UFC Hamburgo


No final de 2013, Alexander Gustafsson esteve muito próximo de se tornar o campeão dos meio-pesados do UFC, quando acabou derrotado por Jon Jones em uma apertada decisão dos jurados, naquela que foi considerada a melhor luta daquele ano.
O sueco se recuperou e, no início de 2015, enfrentou Anthony Johnson em um duelo para definir o próximo desafiante ao título - mas, com um desempenho muito abaixo do esperado, acabou nocauteado ainda no primeiro round.
>> Acesse M.ME/UFCBRASIL e receba as notícias do UFC no Messenger do Facebook
Com o afastamento de Jon Jones, Anthony acabou disputando o cinturão vago com Daniel Cormier, e, após a vitória de Cormier, Gustafsson foi eleito o primeiro desafiante do novo campeão. Apesar de fazer mais um embate memorável, Alexander acabou novamente derrotado, fechando seu ano de 2015 sem vitórias.
“Foi um ano muito difícil, mas eu continuei treinando e procurando o próximo desafio, e aqui estou”, disse o atleta em conversa com a reportagem do UFC.com, “Tive que aprender com as derrotas e melhorar para a próxima vez; é assim que eu penso. Ainda tenho 29 anos e acho que tenho muito a aprender”.
O primeiro passo da recuperação é neste sábado, quando ele entra pela primeira vez no octógono em 2016 e faz a luta co-principal do UFC Hamburgo contra o polonês Jan Blachowicz - uma luta em que promete provar que está de volta.
Leia também: Barnett analisa fase de Arlovski | As promessas que merecem a sua atenção | Buscapé aponta aprendizado em derrota
“É uma nova era. Estou aqui para vencer e vou continuar vencendo. Os fãs verão muitas melhorias. Vou ter um conjunto novo de técnicas e vou levar a luta para ele. Vai ser uma ótima luta e um ótimo espetáculo no sábado”, garantiu Gustafsson.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC