Pular para o conteúdo principal
Resultados

Ariane Sorriso nocauteia em luta eletrizante no card preliminar do UFC 261

Brasileira conquistou a primeira vitória no Octógono neste sábado (24)

A primeira vitória no Octógono a gente nunca esquece. Se for de forma espetacular, então, melhor ainda. Pois é com esse sentimento que a brasileira Ariane Sorriso saiu do Octógono neste sábado (17), depois de nocautear a chinesa Liang Na na luta de abertura do UFC 261.

Social Post

Mais UFC 261: Usman nocauteia Masvidal | Namajunas recupera o cinturão | Valentina domina Jéssica e defende o títuloConfira todos os resultados do evento | Personalidades comentam o nocaute de Usman | Personalidades comentam o nocaute de Namajunas | Os recordes do evento | Pontuações dos juízes | Bônus da noite

"Ela é muito rápida no chão e eu sabia que isso seria um problema na luta, mas sou faixa-preta, estou no jiu-jítsu há mais tempo e sabia que conseguiria lidar. Se tivesse alguns segundo há mais no 1º round, poderia ter acabado a luta, então fui para matar no 2º."

O duelo começou de forma insana, com ambas trocando golpes de forma franca. Liang conseguiu a queda, mas a Ariane levantou e a luta voltou a ficar em pé. A chinesa colocou o duelo no solo novamente e buscou diversas finalizações, enquanto a brasileira se defendia. Após diversas raspagens, Ariane conseguiu pegar as costas de Liang e castigou a chinesa no ground and pound até o fim dos cinco primeiros minutos.

O momento decisivo, porém, veio no segundo round. Liang foi com tudo para cima e conseguiu a queda, mas a brasileira conseguiu pegar as costas e gicou por cima. Ariane então novamente castigou a adversária no ground and pound, que não esboçava nenhuma reação, até que o árbitro central decretou o nocaute técnico.

Alex Cowboy começa bem, mas sai derrotado

Outro atleta do país no card preliminar, Alex Cowboy foi finalizado por Randy Brown no primeiro round. Cowboy começou bem o duelo, especialmente com os chutes nas pernas, mas sofreu um knockdown e, quando voltou a ficar em pé, foi finalizado com um mata-leão.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube