Pular para o conteúdo principal

Bethe Correia discute sua missão como lutadora de MMA

Brasileira desafia Ronda Rousey neste sábado, no UFC 190

Para Bethe Correia, vencer Ronda Rousey no sábado (1º) não se trata apenas de conquistar o cinturão. É parte de sua missão de vida. A paraibana revelou em entrevista que espera fazer coisas grandiosas em sua vida se conseguir tomar a coroa da divisão até 61kg na luta principal do UFC 190, no Rio de Janeiro.

"Eu acredito que tenho uma missão aqui na Terra, e sei que é no MMA. Sei que quando eu for campeã, muitas coisas grandes vão acontecer na minha vida. Eu não quero passar despercebida. Não quero ter só a imagem de passear com o cinturão e não fazer nada. Eu quero fazer algo de bom, quero deixar coisas boas na Terra antes de deixar o mundo. Estou esperando ser campeã para começar a fazer", disse.

Para completar sua missão, Bethe aposta em seu jogo moderno de MMA. Lutando profissionalmente desde 2012, a brasileira se diz uma lutadora completa, já que sempre praticou os principais aspectos

"Comecei treinando queda, chão, trocação. Eu não vim de só uma arte. Quem passa a vida toda treinando muay thai e decide ser lutador de MMA se desespera quando é jogado no chão, porque saiu da sua zona de conforto. Não existe isso comigo. O meu jogo é o MMA", afirmou.

Ronda Rousey x Bethe Correia será a principal luta do UFC 190, que acontece neste sábado, no Rio de Janeiro. O evento terá transmissão ao vivo pelo canal Combate a partir das 20h (horário de Brasília). Assine e não perca nenhum detalhe. 

Veja também: 

Irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro projetam lutas no UFC 190
Finalistas do TUF Brasil comemoram lutas junto a lendas no UFC 190
Os cinco melhores nocautes de lutadores que estarão em ação no UFC 190