Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Brasileiros vencem três lutas no card preliminar do UFC Portland

 Henrique Frankestein, Ketlen Vieira e Elizeu Capoeira saíram vitoriosos; Hacran Dias perde em luta dura


A noite começou muito boa para os brasileiros no UFC Portland. Na primeira luta do evento, Ketlen Vieira teve uma estreia dura no Ultimate, mas bateu Kelly Faszholz por decisão dividida. A brasileira fez um duelo muito estratégico, impondo principalmente seu jogo de quedas, enquanto a norte-americana tentava pontuar na trocação. Com a vitória, a manauara manteve a sua invencibilidade e conseguiu o sétimo triunfo na carreira.

“Estou muito feliz. Queria mais, mas estou feliz com a vitória. Se deixamos nas mãos dos juízes, há um risco do resultado não ser o esperado. Foi minha culpa a luta ter terminado assim. Sinto que minha altura é uma vantagem nessa divisão. Quero descansar um pouco e me preparar para a próxima luta", disse a brasileira após o duelo.

Mais UFC Portland: Os números do duelo | Conheça John Lineker | Lineker tira foto com rival do UFC Portland | O retrospecto de Lineker nos galos | Cowboy só quer "sair na porrada" 

Outro brasileiro que teve uma luta duríssima, mas saiu vitorioso, foi Elizeu Capoeira. O meio-médio sofreu com as quedas e o controle de Keita Nakamura no solo durante todo o combate, mas soube reverter as posições e pressionou bastante na luta em pé para ser declarado o vencedor por decisão unânime após três rounds.

"Eu sabia que ele era um cara muito duro. Fiquei um pouco surpreso com a maneira que ele conseguiu me controlar quando estava por cima, mas nada irá me parar. Treinei muito para me defender quando ele tentasse pegar minhas costas. Agora eu quero alguém do TOP 15. Estou aqui para construir um legado no UFC. Não quero ser qualquer um, quero ser o cara", declarou Capoeira.

Entre os meio-pesados, Henrique Frankestein finalizou Joachim Christensen com um armlock em sua segunda luta no Ultimate. O brasileiro fez um excelente primeiro round, caçando o dinamarquês o tempo todo, mas quase foi derrotado no segundo assalto com uma joelhada que o derrubou. No fim, Frankestein surpreendeu o dinamarquês com uma raspagem quando estava de costas no solo, aplicou um forte ground and pound e deu números finais ao pegar o braço de Christensen.

"O Christensen foi um dos melhores caras que tive a oportunidade de lutar, mas treinei duro e consegui a vitória. É a primeira luta que ganho por finalização e estou muito orgulhoso por poder mostrar meu jiu-jitsu", disse o meio-pesado no octógono.

Hacran Dias não teve a mesma sorte de seus compatriotas. O atleta da Nova União fez um combate duro contra Andre Fili e saiu derrotado por decisão unânime. No peso-médio, Nate Marquardt presenteou os fãs com um nocaute espetacular em Tamdan McCrory no segundo round. O atleta da casa balançou o rival com uma bomba de direita e deu números finais com um lindo chute de esquerda na cabeça. Esta foi a 13ª vitória de Marquardt no peso-médio, a segunda melhor marca da categoria no UFC, atrás do campeão Michael Bisping (15).

Entre os pesados, Curtis Blaydes usou bem a grade e o poder de seus golpes para derrotar Cody East por nocaute técnico. Na mesma categoria Shamil Abdurakhimov bateu Wakt Harris por decisão dividida. Já o meio-pesado Ion Cutelaba usou e abusou dos socos rodados e pressionou Jonathan Wilson nos três rounds para sair vitorioso por decisão unânime.

Confira os resultados completos do card preliminar:

Henrique Frankestein derrotou Joachim Christensen por finalização no segundo round
Andre Fili derrotou Hacran Dias por decisão unânime (triplo 29-28)
Shamil Abdurakhimov derrotou Wakt Harris por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Elizeu Capoeira derrotou Keita Nakamura por decisão unânime (triplo 30-27)
Nate Marquardt derrotou Tamdan McCrory por nocaute no segundo round
Ion Cutelaba derrotou Jonathan Wilson por decisão unânime (triplo 30-27)
Curtis Blaydes derrotou Cody East por nocaute técnico no segundo round
Ketlen Vieira derrotou Kelly Faszholz por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC