Pular para o conteúdo principal

"Cabeça dura" de Gegard Mousasi por pouco não causou lesão em Uriah Hall

Jamaicano acertou joelhada no rosto do iraniano antes de nocauteá-lo

Uma joelhada aplicada por Uriah Hall em Gegard Mousasi momentos antes de nocauteá-lo na segunda luta mais importante do UFC Japão, por pouco não lhe custou uma fratura na perna. O motivo: a cabeça do adversário que, segundo o jamaicano, era muito dura.
"Eu chutei esse cara no rosto. Sua cabeça é muito dura, cara. Eu não acertei a joelhada com o osso, acertei mais com a coxa. A cabeça dele é dura, mas felizmente não quebrei nenhum osso. Só acertei com o músculo, por isso estou mancando", revelou o lutador, que deixou o octógono com dificuldades para andar.

Ingressos à venda para o UFC São Paulo | Assine o Canal Combate

Após ser dominado pelo jogo de chão de Mousasi no primeiro round, Uriah Hall voltou de seu corner disposto a mudar a história da luta. E um chute rodado logo no início do segundo round abriu as portas para a vitória.
“Eu pensei: 'Não vim até aqui para perder'. No primeiro round eu não lutei do meu jeito, apanhei muito, e estava numa posição desfavorável. Ele quase me finalizou com o mata-leão. Pensei no que iria fazer, e decidi voltar a ser eu mesmo, relaxado e tranquilo. Quando tive a chance, não desperdicei”, finalizou.

LEIA MAIS: 
Em luta de cinco rounds, Josh Barnett vence Roy Nelson por decisão unânime
Arrasador, Diego Brandão nocauteia Katsunori Kikuno em apenas 31 segundos
Roy Nelson revela frustração com derrota e projeta revanche contra Josh Barnett
Josh Barnett enaltece resistência de Roy Nelson após luta: "Ele é um guerreiro"