Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Cara de Sapato espera "representar a comunidade do jiu-jítsu" no UFC 212

Campeão do TUF Brasil 3 enfrenta Eric Spicely em junho no Rio de Janeiro


Embalado por duas vitórias consecutivas, o peso-médio Antonio Carlos Jr., o Cara de Sapato terá dura missão pela frente quando medir forças com Eric Spicely no UFC 212, dia 3 de junho, no Rio de Janeiro.
CLIQUE AQUI e garanta já seu ingresso para o UFC 212, no Rio de Janeiro
O norte-americano, que também vem de dois triunfos seguidos, não se intimidou quando visitou o Brasil, surpreendendo e finalizando Thiago Marreta no último mês de setembro, em uma luta da qual Cara de Sapato, parceiro de treinos de Marreta, tirou algumas lições.
“Conversei um pouco com ele. Acho que aquela luta do Marreta foi uma soma de fatores. Ele acabou se machucando. O Marreta é duríssimo e era 100% favorito para aquela luta, mas não aconteceu”, analisou o brasileiro, em conversa com a reportagem do UFC Brasil, “Às vezes você é pego de surpresa e não tem o que fazer. No MMA, a gente tem sempre que estar atento”.
Mais UFC 212: Quer assistir a pesagem? | Atletas promovem ação no Vidigal | Luan Chagas enfrenta Wallhead | Garanta já o seu ingresso | Dúvidas frequentes | Todas as lutas da noite
Faixa-preta de jiu-jítsu com diversos títulos de expressão na arte suave, Cara de Sapato nunca escondeu sua predileção pela luta agarrada, e, também por isso, se mostrou bastante empolgado ao ser escalado para enfrentar um adversário que também tem no grappling seu ponto forte.
“Acho que ele vai tentar fazer a mesma coisa que em todas as lutas. Sinto que ele tem muita confiança no jogo de chão, mas é onde eu me sinto confortável também, é o que eu fiz durante minha vida inteira. Vai ser um duelo de grapplers”, previu Antônio, “Acho que tenho mais armas que ele na parte de striking, mas, querendo ou não, acho que ele vai acabar buscando a luta de chão, o que é bom para mim. Espero continuar representando bem toda a comunidade do jiu-jítsu”.

Feliz por voltar ao Brasil, Cara de Sapato quer mostrar evolução
Residente no estado na Flórida, nos Estados Unidos, Cara de Sapato fez seus cinco últimos combates pelo Ultimate fora do Brasil, mas admitiu que estava ansioso para voltar a competir no país.
“Prefiro lutar no Brasil, em casa, perto dos familiares, com a galera toda me dando uma força. É um incentivo a mais”, disse Cara de Sapato, “Estou feliz demais de estar voltando a lutar no Brasil”.
Antônio, que estreou no UFC com apenas três lutas profissionais no currículo, e, em seu primeiro combate no octógono, conquistou o TUF Brasil 3, garante estar em pleno desenvolvimento como lutador, e após tanto tempo sem se apresentar para o público brasileiro, quer provar isso na Jeunesse Arena em junho.
“Quero mostrar o quanto eu amadureci e evoluí meu jogo”, disse o brasileiro, “Acho que uma coisa que faltava para mim era um pouco de maturidade mesmo. Entrei no UFC sem muita experiência; já era campeão no jiu-jítsu, mas não tinha muita experiência no MMA. Acho que essas sete lutas que fiz pelo UFC eram o que eu estava precisando. Hoje, já sou um lutador maduro e muito mais perigoso. Quero chegar lá e dar um grande show para a galera”.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC