Pular para o conteúdo principal
Nikolas Motta prepares to fight Joe Lowry in their lightweight fight during Dana White's Contender Series season four, week nine at UFC APEX on November 10, 2020 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/DWCS LLC/Zuffa LLC)
Entrevistas

Chegou a hora de Nikolas Motta se apresentar para o mundo

Brasileiro fará sua estreia no UFC Vegas 48, no próximo sábado (19), quando encara Jim Miller

Ele já passou pelo TUF Brasil e pelo Dana White's Contender Series. Chegou a ter lutas marcadas desde que foi contratado, mas todas acabaram canceladas. A espera de entrar no Octógono, porém, finalmente acabou. Nikolas Motta encara Jim Miller no UFC Vegas 48, neste sábado (19), em um duelo no peso-leve.

O lutador de 29 anos mostra empolgação quando pensa que finalmente fará sua estreia. "Eu estou me sentindo ótimo. A preparação foi excelente e estou pronto para mostrar para o mundo quem eu sou", disse em entrevista ao UFC Brasil. "Eu sou de Minas, igual ao Glover. Eu sou de Governador Valadares, o Glover é de Sobrália. Mineiro é um povo que gosta de trabalhar duro".

Confira o card completo do UFC Vegas 48

Nikolas Motta entre para sua luta no TUF Brasil 4

Nikolas Motta entre para sua luta no TUF Brasil 4. (Foto por Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Nikolas Motta entre para sua luta no TUF Brasil 4. (Foto por Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Nikolas entrou muito jovem na casa do TUF Brasil 4. Com apenas 22 anos, ele foi escolhido para o time Anderson/Minotauro e acabou derrotado para Glaico França, nas quartas de final. "Eu era muito novo, muito imaturo", relembra o atleta.

O tempo passou e o peso-leve foi se tornando um atleta mais experiente. Em 2020, ele teve uma grande apresentação no Dana White's Contender Series ao vencer Joseph Lowry por decisão unânime e conquistou seu contrato para finalmente ter a chance de lutar no Octógono.

Passados quase dois anos, e três lutas canceladas, a hora de pisar no Octógono finalmente chegou. Nikolas terá em seu primeiro desafio o veterano Jim Miller - uma lenda do esporte, nas palavras do próprio brasileiro.

"Vou lutar com um cara que é uma lenda do esporte. Ele já ganhou do atual campeão da categoria, que é o Charles do Bronx, já ganhou do Takanori Gomi, que é um dos grandes do PRIDE. Estou realizando meu sonho. Eu sei que não vai ser fácil, mas foi tudo o que pedi a Deus".

Nikolas Motta comemora seu contrato no Dana White's Contender Series

Nikolas Motta comemora seu contrato no Dana White's Contender Series. (Foto por Chris Unger/DWCS LLC/Zuffa LLC)

Nikolas Motta comemora seu contrato no Dana White's Contender Series. (Foto por Chris Unger/DWCS LLC/Zuffa LLC)

Nikolas também destaca o estilo de luta de Miller. Para o brasileiro, o veterano é um dos mais empolgantes e difíceis da categoria. "Ele é um finalizador. Não digo só em termos de finalização, de jiu-jítsu, mas ele também sabe nocautear. Ele é um cara selvagem e sabe jogar o jogo. Tem aquela atitude de New Jersey, é um cara durão para caramba".

"Tem vezes que parece que ele vai cansando, mas não posso pensar nisso. Ele é muito experiente e sabe sair desses tipos de situação. Ele conseguiu um nocautão na última luta. Preciso estar preparado para o melhor Jim Miller que aparecer no Octógono".

Leia também: Johnny Walker está pronto para mostrar sua melhor versão

Sabendo que teria pela frente um grande desafio, ele fez seu camp na Nova União e destaca a preparação com um ex-campeão da categoria: Rafael dos Anjos. "A gente sabe que ele vem muito forte no 1° round, mas eu estou muito bem fisicamente. O treino na Nova União com o Dedé Pederneiras e com o Rafael dos Anjos foi sinistro. Fazer o camp com o Rafael me ajudou muito".

Agora, Nikolas quer apenas deixar a melhor impressão possível no sábado, de preferência com uma vitória marcante e com um bônus do evento. "Está na hora dele passar a tocha para a nova geração. Eu fiquei muito tempo sem lutar. Ganhando essa, quero outra em seguida. Estou com quase 30 anos e não tenho tempo a perder".

O UFC Vegas 48 será transmitido neste sábado (19), ao vivo pelo Combate, a partir das 18h (horário de Brasília).