Pular para o conteúdo principal

Chris Weidman diz que não encerra carreira antes de enfrentar Jon Jones

Norte-americano apontou o ex-campeão dos médios como seu maior desafio

Ter vencido lendas como Anderson Silva (por duas vezes), Lyoto Machida e Vitor Belfort parece ainda ser pouco para o campeão peso-médio Chris Weidman. Nesta segunda-feira, o norte-americano afirmou que o ex-campeão dos meio-pesados Jon Jones seria o maior desafio de sua carreira e que não deixará o UFC enquanto não realizar esse combate.
"Eu sei que não vou sair desse esporte antes de enfrentar Jon. A não ser que ele nunca mais volte. Mas se ele estiver aqui e eu também, as pessoas vão querer ver essa luta e eu também”, declarou.
Em entrevista ao The MMA Hour, Weidman também deixou claro que não se trata de uma questão pessoal, mas de um desejo de vencer todos os melhores lutadores da categoria.
LEIA MAIS: Chris Weidman encara Luke Rockhold no mesmo evento de Aldo x McGregor | Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC
"Não tenho nada contra o Jon, é só porque sou um competidor. Eu quero enfrentar os melhores. Quero ter os maiores desafios à minha frente para que eu possa conquistá-los. É por isso que quis enfrentar o Anderson Silva quando ninguém mais queria enfrentá-lo. Eu quero  os grandes desafios. Quero derrotar aqueles que as pessoas acham que eu não posso derrotar, e o Jones é, definitivamente, um desses caras", finalizou.
Jon Jones segue afastado dos combates por tempo indeterminado. Já Chris Weidman retorna ao octógono no dia 12 de dezembro, quando enfrenta Luke Rockhold no UFC 194.

Visite a UFC Store

Baixe o aplicativo do UFC

Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias