Pular para o conteúdo principal

Cigano volta aos treinos e diz: 'quando Werdum estiver pronto, também estarei'

Lutador se recuperou de uma cirurgia no joelho e diz que pode lutar em outubro

 
Pra quem tem um objetivo na vida, os obstáculos encontrados no caminho são meros detalhes. Os fortes persistem! #estoudevolta #EuSouCers #TNTenergydrink #CorinthiansMMA @arivangomes #aldeiacrossfit | | For those who have an objetive in life the obstacles along the way are a mere details. The strong ones persist!
A photo posted by Junior Cigano Dos Santos (@junior_cigano) on Jun 29, 2015 at 7:06pm PDT

 
O ex-campeão Junior Cigano foi liberado pelo seu médico para voltar a treinar normalmente, mas espera apenas um exame de rotina para estar liberado 100% para os exercícios. O brasileiro é apontado como um dos próximos rivais do campeão dos pesados Fabrício Werdum – eles já lutaram em 2008, com vitória por nocaute de Cigano.
- Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC
“O Dr. Moisés Cohen já disse que posso pegar um pouco mais forte nos treinos, mas tenho uma ressonância marcada para o dia 10 de julho apenas para ter certeza que está tudo bem”, disse o lutador, que em 14 de julho completa seis meses que passou por uma operação no joelho, logo depois de vencer Stipe Miocic por decisão dos juízes.

Empolgado por voltar aos exercícios, Cigano explica que sentia saudade de suar na academia e conseguir executar os movimentos sem medo de sentir alguma lesão. “A volta tem sido muito boa, estou conseguindo dar chutes, joelhadas e qualquer golpe sem sentir dor”.

Cinturão

Logo depois de Werdum vencer Cain Velasquez, no UFC 188, Dana White disse que Cigano estava lesionado e o próximo desafiante ao título deveria ser Stipe Miocic ou Andrei Arlovski. Mas o próprio Cigano respondeu nas suas redes sociais que está de voltas aos treinos e aceita uma luta com o compatriota ainda em 2015.

“Acredito que no final de outubro estou liberado para lutar novamente. Quero e acho que mereço essa luta contra o Werdum. A recuperação da cirurgia não impedirá que esse confronto aconteça. Quando ele estiver pronto, também estarei”, disse Cigano, lembrando que o campeão pegou uma suspensão médica após a última vitória. 
Leia também:
"Ficou claro a superioridade do Werdum no jiu-jitsu", diz Cigano
"Senti que ele começou a engasgar", diz Werdum sobre guilhotina
Cigano parabeniza Werdum, mas manda recado: 'agora, é entre nós'