Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Cinco motivos para não perder o UFC 212

Evento acontece neste sábado no Rio de Janeiro

O desafio que aguarda Max Holloway no UFC 212 é o teste mais duro de sua impressionante carreira.
Jose Aldo, o maior peso-pena que já existiu, enfrenta o embalado Holloway, que defende uma sequência invicta de 10 lutas, na qual passou pela maior parte da categoria em busca desta oportunidade de título.
A mística de Aldo parece ter sofrido um baque desde que a lenda foi nocauteada em 13 segundos por Conor McGregor no UFC 194. O vídeo foi reproduzido milhões de vezes nas redes sociais.
Mais UFC 212: Aldo emociona e Holloway provoca no treino aberto | Enquete: quem vence? | Relembre as vitórias do "Rei do Rio" | Olho Neles! | Top 10 momentos de Belfort | A encarada mais alta da história
Mas aqueles 13 segundos não podem abalar uma das maiores carreiras da história do MMA. Aldo venceu 15  lutas consecutivas, defendendo seu cinturão um total de nove vezes durante seu reinado no UFC e no WEC.
Este ícone ainda paira sobre a divisão dos penas. A destruição de Frankie Edgar pela segunda vez no UFC 200 - com uma performance ainda mais completa do que na primeira vez em que se encontraram - lembrou a todos que o velho Aldo ainda está bem vivo.
José Aldo x Max Holloway é o motivo número 1 para não perder o UFC 212

2 - Estilos fazem lutas. Aldo x Holloway é sobre poder contra fôlego
Aldo possui praticamente todos os recordes na história dos pesos-pena. Ele tem o maior número de vitórias (16 - UFC/ WEC), nocautes (9), knockdowns (8), e índice de defesa de quedas (71,7%).
Historicamente, quando a luta está em pé, Aldo é praticamente invencível. Sua habilidade de manter a luta aonde quiser mantém seus oponentes desequilibrados e geralmente os força a cometer erros.
Holloway tem algumas estatísticas sólidas também. Ele tem o segundo maior índice de golpes da história da divisão, com 5,41 golpes significativos por minuto. Apenas McGregor está à frente, com 5,53.
Dois pontos chave na luta são a defesa de golpes e os chutes nas pernas letais de Aldo. Holloway conecta com maior frequência, mas também absorve duas vezes mais golpes significativos por minuto que Aldo.

3 - A segunda melhor não fica para trás
Se não fosse pela mulher mais temida do planeta, Joanna Jedrzejczyk, Claudia Gadelha e Karolina Kowalkiewicz poderiam estar lutando pelo título peso-palha no UFC 212.
Tanto Gadelha quanto Kowalkiewicz tentaram tirar o cinturão de Joanna e falharam, tornando a luta co-principal deste sábado crucial para as duas mulheres, que não querem se afastar da chance do título.
O confronto é entre uma striker (Kowalkiewicz) e uma grappler (Gadelha). Mas não espere que nenhuma delas vá confiar apenas em suas zonas de conforto. Kowalkiewicz tem trabalhando incansavelmente no seu wrestling, enquanto Gadelha acredita que tem evoluído a cada dia na trocação.
A polonesa apostou uma cerveja após a luta que a brasileira não será capaz de nocauteá-la. Vai ser divertido assistir e ver quem ganha a aposta.
4 - Candidato ao título peso-galo estreia no card preliminar
Marlon Moraes fez muito barulho fora do UFC, conquistando 13 vitórias consecutivas que o credenciaram à sua estreia no octógono neste sábado contra Raphael Assunção.
Moraes ainda não está ranqueado no UFC, mas tudo indica que ele será um atleta Top 5 e que mira o título.
Assunção é um páreo duro para Marlon em sua estreia. O pernambucano está há anos flertando com um title-shot e, agora que está curado das lesões, espera aproveitar a expectativa em cima de Marlon para consegui-lo.
5 - Máquina de demolição abre o card principal
O brasileiro Paulo Borrachinha chamou atenção no UFC em março ao estrear com nocaute no primeiro round sobre Garreth McLellan. As nove vitórias na carreira de Borrachinha foram no primeiro round, e ele espera continuar essa tendência contra Oluwale Bamgbose.
Bamgbose teve seu grande momento ao vencer Daniel Sarafian em fevereiro de 2016. Ele está fora de ação há mais de um ano se recuperando de lesões, mas sente que voltou um lutador melhor. Seu plano é estragar a festa na casa de Borracinha.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC