Pular para o conteúdo principal

Claudinha Gadelha e Diego Ferreira são os brasileiros do UFC 246

Saiba mais sobre os representantes do país e seus respectivos desafios no evento deste sábado (18)

O UFC 246, primeiro evento do calendário do Ultimate em 2020, acontece neste sábado (18), com o confronto entre o ex-campeão dos penas e dos leves, Conor McGregor, e o maior vencedor da história da organização, Donald Cerrone, fechando a noite em duelo válido pela categoria dos meio-médios.

O card terá dupla participação brasileira; confira abaixo quem são os representantes do país, e saiba um pouco mais sobre seus desafios neste final de semana.

Mais UFC 246: Como assistirMotivos para verMcGregor voltou para ficar. E agora?Cerrone é um futuro membro do Hall da Fama? | Confira o card completo

Claudia Gadelha

Ex-desafiante ao cinturão peso-palha e atual 6ª colocada no ranking da categoria, a potiguar Claudinha Gadelha fez apenas uma aparição no Octógono em 2019, vencendo Randa Markos por decisão unânime no UFC 239, em julho.

UFC 246 Claudia Gadelha strength and conditioning session at the UFC Performance Institute
October 10, 2019 em UFC Performance Institute

Buscando emplacar o 2º triunfo consecutivo - algo que não acontece desde 2017 -, Claudinha terá pela frente neste sábado a revelação mexicana Alexa Grasso.

Aos 26 anos, Grasso compilou três vitórias e três derrotas em suas seis primeiras apresentações no Ultimate, campanha que a levou ao 11º lugar no ranking dos 52 Kg, e quer um triunfo definitivo contra uma oponente tarimbada para mostrar que já é realidade na elite da divisão.

Diego Ferreira

Embalado por cinco vitórias consecutivas, em sequência na qual superou nomes como Olivier Aubin-Mercier, Rustam Khabilov e Mairbek Taisumov, o amazonense Diego Ferreira tem a grande oportunidade de sua carreira na luta que abre o card principal do UFC 246, quando enfrenta o ex-campeão dos leves, Anthony Pettis.

À primeira vista, o cartel do “Showtime” desde a perda do cinturão para Rafael dos Anjos em 2015 (quatro vitórias e sete derrotas) não impressiona. Há de se considerar, no entanto, que o lutador passou por três divisões de peso no período (penas, leves e meio-médios), enfrentando alguns dos melhores nomes de cada uma delas, como Nate Diaz, Stephen Thompson, Tony Ferguson, Dustin Poirier, Max Holloway, entre outros.

Voltando, neste final de semana, aos 70 Kg, ele quer provar que ainda tem lenha para queimar e seguir acumulando bônus na organização - já são oito prêmios pós-luta conquistados pelo norte-americano até aqui.

O UFC 246 terá transmissão ao vivo e exclusiva do Canal Combate neste sábado, com início do card preliminar previsto para as 20h15 (horário de Brasília).

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube