Pular para o conteúdo principal
Eventos

Colegas contam por que Dustin Poirier fará história no UFC 242

Atletas da American Top Team discutem motivos que podem fazer “The Diamond” ser o primeiro a vencer Khabib

Para voltar de Abu Dhabi como o incontestável campeão dos leves, Dustin Poirier deve fazer o que 27 homens antes dele não conseguiram: derrotar Khabib Nurmagomedov.

É mais fácil falar do que fazer, é claro. E Poirier sabe disso melhor do que ninguém.

Para descobrir como essa tarefa monumental poderia ser realizada no UFC 242, perguntamos às pessoas que passam mais tempo com o campeão interino do que quase qualquer outra pessoa: seus colegas de equipe na American Top Team.

Social Post
Jorge Masvidal
Nº3 do peso meio-médio

"Dustin é um bicho. Essa é a primeira coisa que você deve saber sobre Dustin. Ele pode não ser o cara mais rápido, mais forte, mais inteligente e mais técnico..., mas ele é um dos maiores animais que o UFC já viu. Você precisa matar esse bicho. Você precisa dar um tiro na cabeça dele e torcer para que ele não se mexa, porque ele continua vindo para cima."

Mais UFC 242Relembre eventos passados em Abu Dhabi | Khabib prega respeito a Poirier | Khabib x Poirier: prévia em números | Raio-X: Barboza x Felder 1 | Três brasileiros em ação | Enquete: Khabib x Poirier | Como assistir | Card completo

Edson Barboza
Nº7 do peso-leve

"Porque ele é da American Top Team. Ele é meu companheiro de equipe e tem tudo para vencer essa luta. Conversei um pouco com Dustin sobre minha luta [contra o Khabib]. Tentei dividir minha experiência de lutar com ele. Acho que Dustin pode decidir a luta com o Khabib porque ele tem tudo. Ele provou para todos que ele é um dos melhores do mundo. Se Khabib lhe der uma chance - uma chance - a luta terminará. Estou muito empolgado com a luta. Espero que o cinturão fique aqui no sul da Flórida."

Social Post
Gillian Robertson
Nº15 do peso-mosca feminino

"Eu sinto que o boxe dele trará um problema para Khabib como ninguém realmente trouxe antes. Ele também é bem completo, então tem uma chance melhor de defender as quedas. Khabib mantém o queixo tão alto, a cada luta penso ‘Ele vai ser pego! Ele vai ser pego!’, E eu sinto que essa pode ser a luta em que ele é pego."

Entre na vida e nos camps de treinamento de quatro lutadores, em preparação para o #UFC 242. Na luta principal, o campeão linear dos leves Khabib Nurmagomedov enfrenta o campeão interino Dustin Poirier pela unificação dos títulos. E no co-main event, o brasileiro Edson Barboza duela contra o norte-americano Paul Felder. O #UFC242 acontece nesse sábado (7), em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Brasil

Anthony Rocco Martin
Lutador peso meio-médio

"Isso é o que tenho dito às pessoas desde o início: eu realmente acho que Dustin tem uma chance legítima de derrotar Khabib. Eu acho que o diferencial do Dustin que Khabib ainda não enfrentou é que Dustin tem poder de nocaute em todos os rounds. Mesmo quando ele parece cansado, ele sempre joga para machucar. E quando ele acertar, acho que Khabib terá um despertar desagradável. Acho que Khabib não foi atingido com tanta força e com tanta frequência quanto Dustin (atingirá). Dustin vai pressionar, ele vai bater em você, e quando ele conectar, acho que Khabib terá um pouco de dificuldade. Eu acho que a resistência de Dustin é um dos seus maiores ativos, porque Khabib pode derrubá-lo por três rodadas, mas o quarto round vem e Dustin ainda tem a capacidade de realmente machucá-lo. E eu acho que isso é algo que Khabib nunca experimentou. Ele está acostumado com caras que acabam desistindo e, depois dessas primeiras rodadas, não são mais perigosos em pé, então ele fica tipo 'Oh, eu vou trocar com eles um pouco ... eles perderam a força nos golpes’. Dustin nunca perde a força, e isso é assustador, porque você gasta tanta energia para derrubar e depois pressionar. Então você percebe que, ‘ei, no próximo round, a mesma coisa começa de novo: ele está vindo para acabar com a luta. Ele está vindo para te machucar’. Então, tudo o que Dustin joga é para machucá-lo."

KRZYSZTOF JOTKO
Nº 15 do peso meio-médio

"Espero que sim. Dustin tem poder de nocaute. Ele não se cansa, como Khabib diz. Não, Dustin não está cansado. Ele tem um tanque de gasolina muito bom. Acho que será uma noite longa para o Khabib".