Pular para o conteúdo principal
Entrevistas

Com futuro em aberto, Demian Maia sugere duelo de recordistas com Donald Cerrone

Brasileiro faz última luta do atual contrato com o UFC em 12 de junho contra Belal Muhammad

Demian Maia fará a última luta de seu atual contrato com o Ultimate no dia 12 de junho, quando enfrentará Belal Muhammad no UFC 263.

Aos 43 anos de idade, o ex-desafiante ao cinturão dos médios e dos meio-médios sabe que este será um dos últimos capítulos de sua vitoriosa trajetória na organização, iniciada em 2007, porém não garante que será, de fato, o último.

"Eu pensei muito nisso antes, mas agora, a partir do momento em que a luta foi marcada, encaro ela como uma luta qualquer”, disse em entrevista exclusiva ao UFC Brasil, “Eu não estou encarando como a última, nem o contrário, estou indo de mente aberta”.

Inscreva-se para receber a Newsletter do UFC

SINGAPORE, SINGAPORE - OCTOBER 26: Demian Maia of Brazil celebrates his submission victory over Ben Askren in their welterweight bout during the UFC Fight Night event at Singapore Indoor Stadium on October 26, 2019 in Singapore. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images)
SINGAPORE, SINGAPORE - OCTOBER 26: Demian Maia of Brazil celebrates his submission victory over Ben Askren in their welterweight bout during the UFC Fight Night event at Singapore Indoor Stadium on October 26, 2019. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa)

“Não quero pensar nisso agora”, continuou, “Tenho que me preparar para um cara duríssimo e não quero trazer mais uma coisa para pensar e tirar o foco do mais importante, que é ir lá e lutar bem".

Reiterando a todo momento o foco total em seu próximo oponente, o atual 8º colocado no ranking dos meio-médios contou que, idealmente, sua despedida do esporte seria realizada no Rio de Janeiro, por ser “o berço do jiu-jítsu brasileiro”, modalidade que orgulhosamente representa há duas décadas no MMA.

Demian falou também sobre um adversário específico com quem gostaria de dividir o Octógono antes de pendurar as luvas: “Gostaria de enfrentar o (Donald) Cerrone, pelo fato de estarmos disputando o maior número de vitórias em todos os tempos no UFC”.

Hoje, o norte-americano tem 23 triunfos pelo Ultimate, enquanto o brasileiro soma 22. Mas o “Cowboy” poderá ampliar sua vantagem neste sábado (8), quando enfrenta Alex Morono no UFC Vegas 26; da mesma forma, Demian poderá ter contra Muhammad a chance de igualar a marca de Cerrone, caso este não consiga a vitória neste final de semana.

“Seria uma coisa interessante”, comentou, “Vamos ver como ele vai se sair na luta dele, como eu vou me sair na minha, e depois disso vamos ter uma visão mais clara".

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube