Pular para o conteúdo principal
Atletas

Como era o mundo na última luta de Cain Velasquez?

Ex-campeão dos pesos-pesados, que lidera o UFC Phoenix neste domingo, pisou pela última vez no Octógono em 9 de julho de 2016

O UFC Phoenix, que acontece neste domingo (17), marcará o aguardado retorno do ex-campeão dos pesos-pesados Cain Velasquez à ação após um hiato de 31 meses.

Veja também: Motivos para ver o UFC Phoenix | Os brasileiros no evento

Muita coisa aconteceu, dentro e fora do Octógono, entre o último compromisso de Velasquez, contra Travis Browne, dia 9 de julho de 2016 no UFC 200, e seu confronto contra Francis Ngannou neste final de semana. Abaixo, listamos algumas delas.

UFC

- 103 eventos foram realizados

- 16 cinturões lineares trocaram de dono

- As divisões peso-pena e peso-mosca feminina ainda não haviam conhecido suas primeiras campeãs

- Naquela noite no UFC 200, Amanda Nunes conquistou o cinturão peso-galo - a brasileira já tem duas defesas de título, além da conquista do título peso-pena

- Robbie Lawler era o campeão dos meio-médios na época - o atual campeão, Tyron Woodley, já fez quatro defesas de título, e o colocará em jogo pela quinta vez em menos de um mês, no UFC 235.

- Conor McGregor era o campeão peso-pena - o irlandês, desde então, conquistou o título dos leves, enfrentou Floyd Mayweather em luta de boxe, e voltou ao Octógono desafiando Khabib Nurmagomedov pelo cinturão

- Charles do Bronx estava duas finalizações atrás do recorde de Royce Gracie no Ultimate - hoje, o paulista já tem três a mais

- Donald Cerrone e Thiago Marreta, que lutou naquela noite, fizeram mais nove lutas cada um nesse período

- Alguns grandes nomes do Ultimate anunciaram suas aposentadorias, como Dan Henderson, Miesha Tate, Michael Bisping, Urijah Faber, Vitor Belfort, Rashad Evans, Anthony Johnson, Thales Leites, entre outros

- Nomes como Marlon Moraes, Israel Adesanya, Deiveson Figueiredo, Alex Volkanovski e Volkan Oezdemir, que hoje pertencem ao Top 5 de suas respectivas divisões, ainda não haviam estreado no Octógono
 

Mundo

- O presidente dos Estados Unidos era Barack Obama; do Brasil, Dilma Rousseff

- As Olimpíadas do Rio de Janeiro aconteceram no mês seguinte

- O Instagram Stories ainda não havia sido lançado

- A música mais tocada no Spotify naquele ano foi “One Dance”, de Drake

- A transferência de Neymar do Barcelona para o PSG, a mais cara da história do futebol, aconteceu apenas 13 meses depois

- Gafes no mundo das celebridades: o famigerado erro no anúncio da vencedora do Miss Universo aconteceu sete meses antes; já o equívoco na premiação de melhor filme do Oscar, sete meses depois

Assine o combate | Siga o UFC Brasil no Youtube