Pular para o conteúdo principal

Como ter um abdômen perfeito

Chico Salgado é personal trainer e treina celebridades como Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank, Fiorella Mattheis, Junior Lima, Marcelo Serrado, Fernanda Paes Leme, etc


 
 Um abdômen definido não é um bem material, mas é visto como sonho de consumo por todas as pessoas que se preocupam com a saúde e a boa forma, sendo atletas profissionais ou não, pois além de melhorar o visual ele é um sinal de percentual baixo de gordura, logo, de uma vida saudável.

Como um profissional da área fitness, muitas pessoas me procuram para pedir algo que cada um chama de uma maneira diferente, secar, afinar a cintura, ter a barriga tanquinho, dura e etc, mas o objetivo é o mesmo, definir os músculos abdominais.

O que as pessoas precisam primeiro é saber o que elas devem melhorar para atingir tal resultado. Algumas precisam realmente secar por ter um percentual alto de gordura, outras aumentar a força abdominal para que os exercícios sejam feitos de maneira completa e tenham um melhor resultado, alguns até ajustar a frequência com que praticam esses mesmos exercícios.
 Segue aqui algumas dicas de exercícios para diferentes casos. Aos que precisam apenas secar, aos que precisam aumentar a força e aos que apenas devem manter a boa forma por já terem atingido o objetivo ou por estarem bem próximos dele. 

Antes de qualquer coisa regrem a alimentação, pois ela, aliada a um bom descanso, é a base de tudo.

 
- Definir: Aumente o número de repetições e divida as séries no máximo que aguentar.

Ex: 5 séries de 50 repetições, sem carga, apenas com o peso corporal.
      6 séries de 30 repetições de exercícios para a parte da frente, em seguida 6 de 30 para a parte inferior finalizando com 3 de 30 para cada parte lateral do abdome (Direita e esquerda)

- Aumentar a força: Aumente a carga e faça menos repetições.

Ex: 4 séries de 15 usando uma anilha ou caneleira como carga sobre a parte do corpo que irá te fazer usar mais força para completar o exercício abdominal, que normalmente é peito, quadril ou o próprio abdome. Use o peso que sentir que te fará ir no limite tanto da sua força quanto da sua resistência quando for completar cada movimento.
      10 séries de 10 fazendo o movimento completo, devagar e com a carga máxima. Também usando uma anilha ou caneleira.

Frequência: Todo exercício onde se trabalha um grupamento muscular, mesmo o próprio abdome, só pode ser repetido com pelo menos 48 horas de intervalo para que o desgaste consequência do esforço exagerado não atrapalhe os resultados.

Sigam as dicas e bom treino! Sintam-se a vontade para comentar aqui os seus resultados.