Pular para o conteúdo principal

Confira os números do UFC no primeiro semestre de 2018

Nocautes, finalizações, e tudo o que rolou no Ultimate na primeira metade do ano


A International Fight Week, que acontece esta semana em Las Vegas, e terá duas edições do UFC acontecendo nesta sexta e sábado, dá o pontapé inicial para o segundo semestre de 2018. Portanto, chegou a hora de analisar, em números, tudo o que aconteceu na primeira metade do ano dentro do octógono. Confira!
Veja também: Os brasileiros no primeiro semestre | A programação da Fight Week
18 Eventos foram realizados
212 Lutas aconteceram até agora
70 Delas terminaram em nocaute
38 Terminaram em finalização
103 Foram para a decisão dos jurados, das quais 76 tiveram decisões unânimes, e 27 foram decisões divididas
1 Único duelo acabou em desqualificação
33 Segundos foi o tempo dos dois nocautes mais rápidos do ano até aqui, ambos aplicados por brasileiros: Poliana Botelho, no UFC Chile, e Marlon Moraes, no UFC Utica
39 Segundos foi o tempo da finalização mais rápida, aplicada por Danny Henry no UFC Londres
7 Cinturões foram disputados*: Amanda Nunes, Rose Namajunas, Cris Cyborg, Stipe Miocic e Daniel Cormier defenderam seus títulos, Khabib Nurmagomedov conquistou o cinturão vago dos leves e Colby Covington se tornou campeão interino dos meio-médios.
2 Bônus foram o máximo que um mesmo atleta conseguiu este ano: Jeremy Stephens, Ronaldo Jacaré e Ben Saunders foram os premiados duplamente.
* Yoel Romero e Luke Rockhold disputariam o título interino dos médios no UFC 221, mas o cubano não bateu o peso, e a luta valeu o cinturão apenas para Rockhold, que foi derrotado; no UFC 225, Romero novamente não bateu o peso para a disputa do título linear com Robert Whittaker, e o combate não contou como defesa de cinturão para o australiano.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube