Pular para o conteúdo principal
Resultados

Confira todos os resultados do UFC 261

Evento acontece neste sábado (24) em Jacksonville, nos Estados Unidos

Acompanhe atualizações em tempo real do UFC 261: Usman x Masvidal, que acontece neste sábado (24), em Jacksonville, nos Estados Unidos.

Kamaru Usman vence Jorge Masvidal por nocaute

Kamaru Usman recebe o cinturão após nocautear Jorge Masvidal no UFC 261.

O campeão meio-médio Kamaru Usman defendeu seu título pela quarta vez com uma vitória dominante e incontestável na revanche com Jorge Masvidal, nocauteando o desafiante no 2º round.

"Agora estou satisfeito. Disseram que queriam violência aqui e eu trouxe. Fui apenas eu mesmo mantendo a compostura. Eu sabia que ele traria o melhor de mim. Eu não sou um personagem, não sou um impostor, então só precisei ir lá e manter a compostura, usar meus fundamentos e o nocaute veio", disse Usman.

Rose Namajunas vence Zhang Weili por nocaute

Rose Namajunas tem o braço erguido e recebe o cinturão após nocautear Zhang Weili no UFC 261.

O cinturão do peso-palha é mais uma vez de Rose Namajunas. Com um chute na cabeça avassalador, a norte-americana nocauteou a chinesa Zhang Weili no 1º round e recuperou a coroa dos 52 Kg do Ultimate.

"Me sinto ótima. No fim das contas, é tudo sobre fazer o meu melhor, então independente do resultado, estou orgulhosa por entrar lá e fazer o meu melhor", disse Namajunas.

Valentina Shevchenko vence Jéssica Andrade por nocaute técnico

Valentina Shevchenko recebe o cinturão após nocautear Jéssica Andrade no UFC 261.

A campeã peso-mosca Valentina Shevchenko fez sua 5ª defesa de título com vitória dominante sobre a brasileira Jéssica "Bate-Estaca" Andrade, aplicando sete quedas antes de colocá-la no crucifixo e aplicar cotoveladas até a interrupção do árbitro no 2º round.

"Eu não tenho medo de ir para luta, de fazer wrestling, luta agarrada. Eu ouvi muito sobre a Jéssica estar muito segura de que seria mais forte do que eu, de que poderia me dominar no chão, mas não queria dizer nada porque sei da minha força e do que sou capaz, então deixei ela acreditar nisso para que quando sentisse minha verdadeira força, ficasse frustrada em dobro", disse Valentina.

Uriah Hall vence Chris Weidman por nocaute técnico

Uriah Hall tem o braço erguido e é declarado vencedor da luta com Chris Weidman no UFC 261.

O ex-campeão peso-médio Chris Weidman sofreu uma fratura bastante semelhante à sofrida por Anderson Silva justamente contra ele em 2013, e como resultado, Uriah Hall foi declarado vencedor do duelo por nocaute técnico.

"É uma pena, porque ele teve que se preparar para estar aqui, mas é uma daquelas coisas que não tem como prever, então você aceita e segue em frente", disse Hall.

Anthony Smith vence Jimmy Crute por nocaute técnico

Anthony Smith aplica chute em Jimmy Crute no UFC 261.

O aguardado duelo pelos meio-pesados entre Anthony Smith e Jimmy Crute terminou de forma melancólica para o australiano, que não conseguiu se equilibrar em pé devido a uma lesão no tornozelo sofrida no 1º round, obrigando os médicos a interromperem o duelo e o árbitro a decretar vitória do norte-americano por nocaute técnico.

"Eu sabia que existia uma chance baixa de ele voltar para o 2º round, mas ele se levantou e estava querendo lutar. Crédito para o espírito lutador desse cara, ele é um garoto muito duro e vai ser grande um dia", disse Smith.

Randy Brown vence Alex Cowboy por finalização

Randy Brown aplica mata-leão e finaliza Alex Cowboy no UFC 261.

Fazendo sua terceira luta consecutiva contra um oponente brasileiro, o jamaicano Randy Brown, que havia superado Warlley Alves e perdido para Vicente Luque, levou a melhor sobre Alex "Cowboy" Oliveira e finalizou com um mata-leão ainda no 1º round.

"Ele estava mais disposto a entrar no meu raio de ação do que achei que estaria. Achei que iria lutar na longa distância, mas ele veio para cima de mim e isso me surpreendeu. Acho que estava tentando me fazer recuar, mas foi a única coisa que me surpreendeu", disse Brown.

Dwight Grant vence Stefan Sekulic por decisão dividida

Dwight Grant golpeia Stefan Sekulic em luta pelo peso meio-médio no UFC 261.

Voltando à ação após dois anos e meio, Stefan Sekulic fez um combate equilibrado com Dwight Grant, mas o norte-americano teve o braço erguido ao final de três rounds, vencendo por decisão dividida em luta válida pela divisão dos meio-médios.

"Queria ter feito mais. Prometi aos fãs um show e não entreguei isso a eles. Então preciso voltar lá e mostrar do que sou capaz. Realmente sinto que meu melhor ainda está por vir", disse Grant.

Brendan Allen vence Karl Roberson por finalização

Brendan Allen aplica chave de calcanhar e finaliza Karl Roberson no UFC 261.

Após sofrer sua primeira derrota no Octógono em sua última luta, o promissor peso-médio Brendan Allen se reabilitou em grande estilo e encaixou uma justa chave de calcanhar para finalizar Karl Roberson ainda no 1º round.

"Eu sei quão bom sou, meu time sabe quão bom eu sou e eu queria mostrar isso. Eu disse a eles durante toda a semana, 'Espero que seja rápido, um golpe e pronto'. Estou pronto para três rounds, mas só quero resolver e ir para casa", disse Allen.

Pat Sabatini vence Tristan Connelly por decisão unânime

Pat Sabatini aplica queda em Tristan Connelly no UFC 261.

Outro estreante vitorioso da noite foi o peso-pena norte-americano Pat Sabatini, que superou o canadense Tristan Connelly por decisão unânime após três rounds.

"Estou muito contente por ter tirado a primeira vitória do caminho. O nervosismo e a adrenalina... meus treinadores me avisaram que seria assim, só estou feliz por conseguir a vitória contra um oponente muito duro, e mal posso esperar pela próxima. Sinto que ainda tenho muito a mostrar", disse Sabatini.

Danaa Batgerel vence Kevin Natividad por nocaute técnico

Danaa Batgerel aplica golpes no ground and pound e nocauteia Kevin Natividad no UFC 261.

Em duelo pelo peso-galo, Danaa Batgerel, da Mongólia, aplicou um belo knockdown e liquidou a fatura com golpes no ground and pound, superando Kevin Natividad aos 50 segundos do 1º round.

"Eu ouvi a torcida e fiquei muito feliz. Fiquei feliz com a vitória no 1º round, do mesmo jeito da minha última. Estou muito empolgado pela próxima luta e não quero esperar muito tempo", disse Batgerel.

Kazula Vargas vence Rong Zhu por decisão unânime

Kazula Vargas tem o braço erguido após vencer Rong Zhu no UFC 261.

Após ser derrotado em suas duas primeiras apresentações no Octógono, o mexicano Rodrigo "Kazula" Vargas conquistou seu primeiro triunfo no Ultimate neste sábado, ao superar o chinês Rong Zhu por decisão dos jurados em duelo pelo peso-leve.

"Eu queria demonstrar a cultura de luta mexicana. Eu machuquei meu tornozelo em determinado ponto da luta, então a queda foi por esse motivo. No geral, não senti muito os golpes dele. Me sinto ótimo, esse é o estilo mexicano", disse Vargas.

Jeff Molina vence Aori Qileng por decisão unânime

Jeff Molina conecta joelhada em Aori Qileng no UFC 261.

Fazendo sua estreia no Octógono, o peso-mosca Jeff Molina, de apenas 23 anos, superou o chinês Aori Qileng em decisão unânime dos jurados após três movimentados rounds.

"Imaginei esse momento milhões de vezes e foi tudo o que eu esperava. Ter os fãs de volta é incrível, a energia que você recebe - meu parceiro de treinos Julian Marquez, você deve ter ouvido falar dele - me disse, 'Se alimente da torcida', então ao entrar olhei para o público, levantei minha mão e com certeza recebi muita energia positiva", disse Molina.

Ariane "Sorriso" vence Na Liang por nocaute técnico

Ariane Sorriso golpeia Na Liang no UFC 261.

Após um 1º round intenso e emocionante, com viradas e bons momentos para os dois lados, a brasileira Ariane "Sorriso" Carnelossi levou a melhor sobre a chinesa Na Liang, vencendo por nocaute técnico no 2º assalto e conquistando sua primeira vitória no Octógono.

"Ela é muito rápida no chão e eu sabia que isso seria um problema na luta, mas sou faixa-preta, estou no jiu-jítsu há mais tempo e sabia que conseguiria lidar. Se tivesse alguns segundo há mais no 1º round, poderia ter acabado a luta, então fui para matar no 2º", disse Ariane.

Resultados oficiais

Card principal

Kamaru Usman venceu Jorge Masvidal por nocaute a 1m02s do 2º round.

Rose Namajunas venceu Zhang Weili por nocaute a 1m18s do 1º round.

Valentina Shevchenko venceu Jéssica Andrade por nocaute técnico aos 3m20s do 2º round;

Uriah Hall venceu Chris Weidman por nocaute técnico (lesão) aos 17s do 1º round;

Anthony Smith venceu Jimmy Crute por nocaute técnico (interrupção médica) ao fim do 1º round.

Card preliminar

Randy Brown venceu Alex Oliveira por finalização (mata-leão) aos 2m50s do 1º round;

Dwight Grant venceu Stefan Sekulic por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28);

Brendan Allen venceu Karl Roberson por finalização (chave de pé reta) aos 4m55s do 1º round;

Pat Sabatini venceu Tristan Connelly por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28);

Danaa Batgerel venceu Kevin Natividad por nocaute técnico aos 50s do 1º round;

Kazula Vargas venceu Rong Zhu por decisão unânime (30-26, 29-28, 29-28);

Jeff Molina venceu Aoriqileng por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27);

Ariane Carnelossi venceu Na Liang por nocaute técnico aos 1m28s do 2º round.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube