Pular para o conteúdo principal
Eventos

Confira todos os resultados do UFC Londres

Evento ocorreu no último sábado (16) e teve vitórias de Jorge Masvidal e Claudio Hannibal

O octógono voltou ao Reino Unido neste sábado (16) com um card recheado de bons prospectos no UFC Londres. Na luta principal do evento, Jorge Masvidal calou a torcida inglesa com um nocaute sobre Darren Till no segundo round. Os brasileiros Cláudio Hannibal e Priscila Pedrita também estiveram presentes na noite. Hannibal saiu vitorioso em seu duelo contra Danny Roberts, enquanto Pedrita foi superada por Molly McCann. Confira abaixo um resumo dos resultados:

Mais UFC Londres: Masvidal nocauteia Till | Bônus do evento

Jorge Masvidal nocauteia Till e cala a torcida inglesa

Jorge Masvidal silenciou a torcida inglesa na noite deste sábado (16). O veterano nocauteou o atleta da casa Darren Till na luta principal do UFC Londres com uma bomba de esquerda certeira no queixo, na metade do segundo round. Com a vitória, Masvidal se recupera dos revezes contra Stephen Thompson e Demian Maia e volta a figurar entre os principais nomes dos meios-médios, enquanto Till conhece a segunda derrota consecutiva.

"Eu tenho lutado faz muito tempo. Venho de um lugar muito humilde, mas continuo fazendo o que faço. Fui derrubado no primeiro round e isso me fez acordar. Eu queria dar o troco imediatamente. Darren é um cara muito duro, ele vai longe. Quero lutar pelo cinturão agora. Tenho uma grande história dentro dessa divisão e dessa organização. Chegou a minha hora de ter o cinturão", comentou.

Leon Edwards vence Gunnar Nelson por decisão dividida

No segundo duelo mais importante do evento, Leon Edwards venceu Gunnar Nelson por decisão dividida. O combate entre ambos foi muito equilibrado, mas o atleta da casa conseguiu um knockdown no fim do segundo round com uma cotovelada que o ajudou na pontuação. Foi a sétima vitória consecutiva de Edwards, enquanto Nelson sai derrotado após vencer o brasileiro Alex Cowboy em sua última aparição.

"Me sinto incrível depois disso. Estou com sete vitórias seguidas na divisão mais difícil do mundo. Eu realmente estou feliz com meu progresso. Quero enfrentar o vencedor de Till e Masvidal e deixar minha marca.

Em duelo equilibrado, Reyes bate Oezdemir

Em uma das lutas mais parelhas do UFC Londres, Dominick Reyes venceu Volkan Oezdemir por decisão dividida dos juízes. Os meios-pesados alternaram os momentos de dominância no combate e buscaram explorar tanto a luta em pé, como no solo. Reyes mantém a invencibilidade com 11 vitórias na carreira e tem a maior sequência de triunfos entre os meios-pesados, com cinco.

Nathaniel Wood finaliza Jose Quinonez

Ele fez a festa da torcida inglesa! A promessa Nathaniel Wood não tomou conhecimento de Jose Quinonez e finalizou o mexicano com um mata-leão no segundo round. Wood levou a melhor na parte em pé e quando o duelo foi ao solo, ele conseguiu pegar as costas do rival com facilidade e deu números finais ao duelo. Foi a primeira derrota por finalização de Quinonez e a terceira seguida de Wood.

"Lutar aqui em Londres definitivamente me deu uma vantagem em ditar o ritmo da luta, pois tudo o que eu queria era impressionar os fãs daqui. Sim, claro, estou aqui para vencer, mas os fãs daqui foram minha motivação".

Claudio Hannibal consegue a 13ª vitória consecutiva

Segundo brasileiro da noite, Claudio Hannibal saiu vitorioso contra Danny Roberts após o inglês desistir verbalmente quando estava preso a uma chave de braço no terceiro round. O duelo foi de estilos bem distintos, com Hannibal levando a melhor no solo e Roberts na luta em pé. O brasileiro quase conseguiu finalizar diversas vezes e, apesar de ter sofrido no ground and pound, mostrou superioridade no duelo. Foi a quarta vitória consecutiva de Hannibal no octógono e a 13ª na carreira.

"Estou muito feliz de ter conseguido a vitória. Danny é muito atlético, então foi difícil segurá-lo. Tentei diferentes técnicas para finalizar, mas ele estava liso demais. Eu o respeito muito - ele vem de um dos melhores camps do mundo".

Jack Marshman vence John Phillips por decisão dividida

Na luta que abriu o card principal do UFC Londres, Jack Marshman levou a melhor no duelo de galeses contra John Phillips. Marshman chegou a sofrer um knockdown no primeiro round, mas se recuperou e fez uma luta dura contra o rival, saindo vitorioso por decisão dividida.

"Não acho que fui atingido no segundo round e acredito que não fiquei com nenhuma marca. Eu só quero melhorar. Estou no exército atualmente, mas qualquer coisa que o UFC oferecer, eu voltarei".

Arnold Allen vence Jordan Rinaldi por decisão

Na luta que fechou o card preliminar do UFC Londres, Arnold Allen superou Jordan Rinaldi por decisão dos juízes. O duelo foi muito estudado, mas o atleta da casa foi mais contundente em seus golpes e conquistou a quinta vitória consecutiva - a segunda maior sequência entre os pesos-penas.

"É ótimo conseguir a vitória e mostrar às pessoas do que eu sou capaz, e isso inclui anular um wrestler. Não achei que lutei bem na última luta, mas nessa eu fiz justiça aos treinos. Tenho 25 anos e uma longa carreira pela frente".

Marc Diakiese supera Joe Duffy por decisão

Em uma de suas melhores apresentações já vistas no octógono, Marc Diakiese dominou Joe Duffy e venceu por decisão unânime. O inglês mostrou superioridade em pé e no solo, conseguindo impor o seu ritmo em todos os níveis. Diakiese se recupera após sair derrotado três vezes seguidas - fato que se tornou ainda mais especial por ser seu aniversário de 26 anos.

Saparbek Safarov domina Nicolae Negumereanu

A primeira vitória no octógono a gente não esquece. Saparbek Safarov teve até um ponto retirado pelos juízes, mas não teve problemas em superar o estreante Nicolae Negumereanu por decisão unânime. O russo conseguiu impor seu jogo na trocação e principalmente no ground and pound, onde castigou o romeno durante os três rounds.

"Eu me sinto ótimo. É um sentimento incrível sair com essa vitória. Quero enfrentar o Gokhan Saki na próxima - era para eu ter lutado com ele, mas ele acabou se machucando. Agora chegou a hora de nos vermos".

Dan Ige finaliza Danny Henry no 1º round

Dan Ige chegou com tudo no UFC Londres. O norte-americano partiu pra cima logo no começo e conseguiu um knockdown com um cruzado. Ele então conseguiu pegar as costas de Danny Henry e finalizou o duelo com um mata-leão no primeiro round. Foi a terceira vitória consecutiva de Ige no octógono.

Molly McCann vence Priscila Pedrita por decisão unânime

O único duelo feminino do card teve participação brasileira, mas a vitória não veio. Priscila Pedrita foi superada por Molly McCann por decisão unânime após três rounds movimentados. A atleta inglesa quase finalizou a brasileira no primeiro round, mas Pedrita foi guerreira e escapou das tentativas da rival. Nos dois assaltos seguintes, as duas mostraram muita vontade na parte em pé, mas McCann foi mais contundente e saiu com o braço levantado depois de 15 minutos.

"Todos sabem que passei pelo inferno até voltar aqui. Não desisti em nenhum momento - essa é uma mensagem para qulquer pessoa que acha que não pode conquistar algo. Nunca desista pois você sempre pode conquistar o seu sonho".

Em grande reviravolta, Grundy nocauteia Narimani

O primeiro duelo da noite foi cercado de grandes emoções. Nad Narimani acertou um forte cruzado Mike Grundy no segundo round e quase conseguiu o nocaute, mas o estreante conseguiu se recuperar e retribuiu com um golpe de esquerda que derrubou Narimani. A luta voltou para a parte em pé e Grundy foi para cima com uma ótima sequência de golpes no rival até o juiz decretar o fim do combate. Foi o primeiro triunfo de Grundy por nocaute na carreira.

"É uma sensação ótima ter um nocaute no meu cartel, pois eu sempre soube que eu era bom na parte em pé por treinar na Team Kaobon, que é cheia de strikers. Eu sempre soube que conseguiria e hoje eu pude provar isso no octógono".

Confira todos os resultados do UFC Londres
Card Principal

Jorge Masvidal venceu Darren Till por nocaute aos 3m07s do 2º round;
Leon Edwards venceu Gunnar Nelson por decisão dividida (29-27, 28-29, 29-28);
Dominick Reyes venceu Volkan Oezdemir por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);
Nathaniel Wood venceu Jose Quinonez por finalização (mata-leão) aos 2m46s do 2º round;
Claudio Hannibal venceu Danny Roberts por desistência verbal aos 3m37s do 3º round;
Jack Marshman venceu Joh Phillips por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Card Preliminar

Arnold Allen venceu Jordan Rinaldi por decisão unânime (30-26, 30-27, 29-28);
Marc Diakiese venceu Joe Duffy por decisão unânime (triplo 30-27);
Saparbek Safarov venceu Nicolae Negumereanu por decisão unânime (29-26, 29-26, 29-27);
Dan Ige venceu Danny Henry por finalização (mata-leão) aos 1m17s do 1º round;
Molly McCann venceu Priscila Pedrita por decisão unânime (triplo 29-28);
Mike Grundy venceu Nad Narimani por nocaute técnico aos 4m42s do 2º round.

Confira abaixo as entrevistas de Masvidal e Edwards

Jorge Masvidal chocou a todos ao nocautear Darren Till na luta principal do UFC Londres. Confira o que o meio-médio disse ainda no octógono após a vitória.

Brasil

O jamaicano Leon Edwards teve atuação segura e venceu o islandês Gunnar Nelson na segunda luta mais importante do UFC Londres. Confira o que ele disse ainda no octógono.

Brasil

O nocaute de Jorge Masvidal em Darren Till te surpreendeu?

Sim
75% (1 voto)
Não
25% (1 voto)
Total votes: 279