Pular para o conteúdo principal
Resultados

Confira todos os resultados do UFC Vegas 20

Evento ocorre neste sábado (27) e tem Jairzinho Rozenstruik e Ciryl Gané na luta principal

O Octógono foi novamente montado no UFC Apex neste sábado (27) para o UFC Vegas 20. Na luta principal do evento, os pesos pesados Jairzinho Rozenstruik e Ciryl Gané farão um duelo programado para cinco rounds. O evento terá ainda a participação dos brasileiros Pedro Munhoz, Mayra Sheetara e Thiago Moisés. Veja os resultados abaixo:

Ciryl Gané domina Jairzinho Rozenstruik

O nocaute não veio como muitos esperavam, mas Ciryl Gané fez uma apresentação segura e dominou Jairzinho Rozenstruik durante os cinco rounds da luta principal do UFC Vegas 20 para vencer por decisão unânime. Com a vitória, o francês mantém a invencibilidade e agora contabiliza oito triunfos no cartel - cinco deles no Octógono.

"Eu sou um cara meio estranho, porque pra mim é como a minha luta anterior, só que você tem mais tempo no cage. Esse cara é muito perigoso, ele é muito duro, ele tem um grande poder de nocaute, então temos que administrar a maneira como abordamos. Talvez eu tenha pouca experiência, mas me sinto confortável aqui. Só estou feliz de estar aqui com meus amigos, lutar pelo meu dinheiro para cuidar da minha família."

Ankalaev vence Krylov na decisão

Na segunda luta mais importante do evento, Magomed Ankalaev se recuperou de um início ruim para vencer Nikita Krylov na decisão unânime dos juízes. O russo teve dificuldades com o jogo de grade e quedas do rival no início, mas passou a dominar as ações nos dois rounds finais para faturar a sexta vitória consecutiva.

"Eu planejava lutar em pé, mas assim que ele começou a lutar comigo, tive que mudar minha tática. Espero que muitas pessoas tenham assistido a essa luta, visto que eu estava lutando contra o 8º lugar da minha categoria. Agora estou pronto para o meu próximo adversário e espero que o UFC considere me dar uma luta principal."

"Sheetara" empata com Montana de la Rosa

Fechando os atletas brasileiros presentes no card principal do evento, Mayra "Sheetara" fez uma grande luta contra Montana de la Rosa, mas teve um ponto deduzido por segurar a grade em uma tentativa de queda, no primeiro round, e empatou de forma majoritária com a rival. A brasileira foi mais perigosa em todo o duelo, especialmente com os chutes, joelhadas e cotoveladas no clinch, mas venceu o duelo apenas para um dos três juízes laterais.

"O árbitro deve dizer algo antes de marcar um ponto, então eu não gostei disso, mas vou voltar para a academia e treinar mais. No momento, só quero relaxar e passar um tempo com minha família. Quero voltar para minha casa e aproveitar o tempo com eles", falou a brasileira.

Pedro Munhoz vence Jimmie Rivera

Pedro Munhoz voltou ao caminho das vitórias no UFC Vegas 20. O brasileiro mostrou uma trocação de alto nível e superou Jimmie Rivera na decisão dos juízes em um duelo movimentado. Munhoz castigou o rival com chutes nas pernas, conseguindo desequilibrar Rivera diversas vezes, e absorveu bem os golpes do rival para sair vitorioso depois de três rounds.

"Jimmie e eu nos tornamos bons amigos depois da primeira luta que tivemos. Para mim foi uma honra mostrar novamente uma luta tão boa. Ele é muito duro e minha pernas também doíam quando ele me chutava de volta. Tenho lutado com os melhores do mundo e mesmo minhas derrotas foram acirradas contra os principais lutadores da categoria. Definitivamente, é muito bom trazer a vitória de volta para casa."

Alex Caceres vence a quarta seguida

Abrindo o card principal do evento, Alex Caceres teve uma apresentação segura e garantiu a quarta vitória consecutiva ao superar Kevin Croom. O lutador chegou a ter algumas dificuldades com o jogo de grade do rival, mas mostrou mais vigor durante os três rounds e maior eficiência na luta em pé e no solo para vencer na decisão unânime dos juízes.

"Me senti bem, me senti rápido em pé. Sei que meu wrestling e meu jiu-jitsu melhoraram muito, então sei que ele ia ter que esforçar muito para me finalizar. Machuquei muito os pés dele e a única coisa de que me arrependo é não ter aproveitado isso para conseguir uma interrupção. Com essa performance em particular, eu senti que realmente mostrei mais do meu grappling e jogo de chão."

Thiago Moisés vence Alexander Hernandez

Primeiro brasileiro a lutar no evento, Thiago Moisés mostrou uma grande evolução na luta em pé e venceu Alexander Hernandez na decisão dos juízes. O peso leve mostrou muita rapidez e precisão nos contra-golpes para dominar o duelo e frustrar as investidas do rival, saindo vitorioso após três rounds bem movimentados.

"Me sinto ótimo, tiro o chapéu para Alex, grande adversário, grande cara, grande atleta. Três vitórias consecutivas, três grandes nomes. Agora todos podem ver que eu sou uma ameaça e um dos melhores lutadores do mundo. O Al Iaquinta seria uma boa para um próximo duelo. Acho que vai ser uma boa luta, é só perguntar ao Hernandez. Ele é um lutador de boxe leve, bem arredondado, então acho que seria ótimo."

Alexis Davis domina Sabina Mazo

Veterana no esporte, Alexis Davis impôs seu jogo para sair vitoriosa contra Sabina Mazo. A lutadora conseguiu boas quedas durante o duelo e dominou completamente a rival no solo, buscando finalizações e castigando no ground and pound durante os 15 minutos do duelo.

"Sempre sou muito crítica comigo mesmo. Eu me senti muito confortável. Qualquer vitória é uma boa vitória, estou feliz. Sei que ela é uma grande novata, todas as pessoas estão falando sobre ela, então para mim foi ótimo e eu sabia que não seria uma luta fácil.

Ronnie Lawrence nocauteia em sua estreia

Foi uma estreia para ninguém botar defeito. Ronnie Lawrence dominou Vince Cachero e conseguiu o nocaute técnico no terceiro round da segunda luta da noite. Lawrence tomou a iniciativa durante todo o duelo e se saiu melhor tanto em pé quanto no solo, até conseguir a interrupção com um forte ground and pound.

"Definitivamente, sou um striker melhor do que isso e sinto que posso aumentar o ritmo, mas estava preocupado em ficar cansado durante o combate. Espero que eu possa voltar para a academia rápido, conseguir uma luta o quanto antes, ter mais tempo no Octógono e me sentir muito mais confortável lá para realmente mostrar o que eu posso fazer."

Dustin Jacoby vence a primeira luta da noite

Foi equilibrado, mas Dustin Jacoby saiu vitorioso após 15 minutos na primeira luta da noite. O norte-americano travou um duelo parelho com Maxim Grishin, marcado pela troca de golpes em pé. O russo chegou a conseguir dois knockdowns no primeiro round, mas Jacoby se recuperou e ditou o ritmo nos dez minutos finais para sair com a vitória.

"Eu estava muito confiante e achei que fiz o suficiente para conseguir a vitória. O Maxim é um cara grande, durão, mas eu estava bastante confiante de que fiz o suficiente. Achei que ele poderia ter me finalizado no mata-leão no primeiro round, mas mantive a compostura era o grande lance e quando o peguei com aquele gancho no segundo round, pude perceber que a luta mudou a meu favor."

Confira todos os resultados do UFC Vegas 20
Card Principal

Ciryl Gané venceu Jairzinho Rozenstruik por decisão unânime (triplo 50-45);
Magomed Ankalaev venceu Nikita Krylov por decisão unânime (triplo 29-28);
A luta entre Montana de la Rosa e Mayra "Sheetara" terminou em empate majoritário (28-28, 28-27 Mayra, 28-28);
Pedro Munhoz venceu Jimmie Rivera por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27);
Alex Caceres venceu Kevin Croom por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27).

Card Preliminar

Thiago Moisés venceu Alexander Hernandez por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);
Alexis Davis venceu Sabina Mazo por decisão unânime (30-27, 30-26, 30-27);
Ronnie Lawrence venceu Vince Cachero por nocaute técnico aos 2m38s do 3º round;
Dustin Jacoby venceu Maxim Grishin por decisão unânime (triplo 29-28).

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube