Pular para o conteúdo principal
Resultados

Confira todos os resultados do UFC Vegas 23

Evento ocorre neste sábado (10) e tem Marvin Vettori enfrentando Kevin Holland na luta principal

O Octógono foi novamente montado no UFC Apex neste sábado (10) para o UFC Vegas 23. Na luta principal do evento, os pesos médios Marvin Vettori e Kevin Holland farão um duelo programado para cinco rounds. O evento terá ainda a participação da brasileira Mackenzie Dern. Veja os resultados abaixo:

Vettori domina Holland

Marvin Vettori continuou sua caminhada em busca do cinturão peso médio. O italiano sofreu um pouco com a trocação de Kevin Holland, mas conseguiu levar o duelo para o chão em todos os rounds e superou o norte-americano por decisão unânime na luta principal do UFC Vegas 23. Foi o quinto triunfo consecutivo do italiano, enquanto Holland conheceu a segunda derrota consecutiva.

"Eu sabia que ele era selvagem. Quando ele vem para cima, ele realmente vem com tudo. Ainda assim, tive um desempenho dominante. Estou feliz e quero Adesanya em seguida. Acho que sou o próximo da fila. Eu estou no jogo e  sou o melhor do mundo. Eu continuo focado em mim mesmo. Sou um lutador muito completo."

Arnold Allen supera Sodiq Yusuff

No duelo entre estrelas em ascensão no peso-pena, melhor para Arnold Allen. O inglês superou Sodiq Yusuff na decisão unânime dos juízes após conseguir dois knockdowns nos dois primeiros rounds da luta. Allen manteve o controle e teve maior volume de golpes, saindo vencedor depois de três assaltos bem movimentados no Octógono.

"Faz algum tempo que não venço por nocaute. Eu sei o quão forte eu bato, mas ainda não provei isso para o mundo. Eu preciso provar isso. Houve muita pressão sobre mim mesmo para conseguir esse resultado. Quando luto contra as pessoas, não acho que elas me respeitem muito. Eu recebo o respeito depois dessa luta? Eu não sei, talvez. Veremos o que vem a seguir."

Julian Marquez finaliza Sam Alvey

Julian Marquez teve mais uma grande apresentação no Octógono. O peso médio conseguiu finalizar o veterano Sam Alvey com um esgana-galo no segundo round depois de um duelo movimentado. Marquez sofreu um pouco na luta em pé contra Alvey, mas conseguiu atordoar o rival e partiu para a finalização, conquistando mais um triunfo em sua carreira.

"Foi super incrível para mim, minha carreira e confiança. Eu tenho muito orgulho de finalizá-lo, mas fui capaz de usar meu QI de luta para pegar seu pescoço e derrubá-lo. Essa foi uma transição muito importante. Eu poderia ter ficado sentado lá e continuado a socá-lo. Preciso deixar meu corpo curar por mais oito semanas e então aceitarei uma luta."

Mackenzie Dern finaliza Nina Nunes

Mackenzie Dern segue mostrando sua evolução no Octógono. A brasileira conseguiu uma grande vitória ao finalizar Nina Nunes na segunda luta do card principal. Mackenzie conseguiu a queda e foi trabalhando as posições, até encaixar a chave de braço faltando 12 segundos para o fim do primeiro round.

"Quando estava na montada, tentava misturar socos e ataques para finalizar. Se eu estivesse apenas tentando a finalização, talvez fosse um pouco mais fácil. Tínhamos talvez 20 segundos restantes, então eu não queria voltar para o meu corner. Eu sei que Joanna não tem uma luta, mas tudo depende de onde eu for no ranking. Quero alguém acima de mim."

Daniel Rodriguez supera Mike Perry

Com uma grande apresentação, Daniel Rodriguez dominou e venceu Mike Perry na luta de abertura do card principal. O meio-médio utilizou bem o jab e a maior envergadura para castigar o rosto de Perry, que não conseguia acompanha o ritmo do rival. No final, os juízes deram todos os rounds para Rodriguez, que teve o braço levantado após a decisão unânime.

"Eu não me importo em lutar com pouco tempo de preparação, mas com um camp completo, você vai tirar o melhor de mim. Isso é o que mostrei hoje. Eu vou lutar com qualquer um. Cabe ao UFC o que eles querem fazer e eu estarei lá para dar o meu melhor."

Joe Solecki vence Jim Miller

Em mais um duelo no Octógono entre a juventude contra a experiência, Joe Solecki se deu melhor contra o veterano Jim Miller e saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes. Enquanto o primeiro round foi mais equilibrado, com Miller conseguindo uma queda, Solecki conseguiu dominar as ações nos dez minutos restantes e teve o braço levantado após 15 minutos.

"Foi fantástico. Ele é um cara duro, como vocês podem ver. Eu não sou apenas um grappler. Sou lutador do UFC. Eu não me importo se você é o pior striker da lista, se você está no UFC você ainda é um striker de nível mundial. Eu mostrei isso esta noite."

Gamrot nocauteia Holtzman

Vencer a primeira vez no Octógono é sempre especial, e quando é por um nocaute avassalador, melhor ainda. Mateusz Gamrot pode ter um gostinho dessa felicidade ao levar Scott Holtzman à lona no segundo round do duelo entre eles. O polonês conectou um direto de direita e conseguiu o knockdown, dando números finais ao duelo com um forte ground and pound.

"Me sinto ótimo. Esse é o primeiro nocaute da minha carreira. Estou muito feliz porque treino muito. Minha estreia no UFC foi principalmente focada no wrestling e agora minha segunda foi baseada em uma bela trocação. Eu sou um lutador completo. Dê-me uma luta logo.Tenho muito respeito por esse cara, mas agora quero lutar contra Hasrat Haqparast. Acho que vai ser um bom confronto."

Makdessi vence por decisão dividida

Veterano no Octógono, o canadense John Makdessi fez um grande combate com o estreante Ignacio Bahamondes e saiu vitorioso na decisão dividida dos juízes. Apesar da diferença de tamanho, Makdessi soube capitalizar bem as sequências e impôs o ritmo do duelo, levando maior perigo na luta em pé.

Danho nocauteia de Castro

Voltando ao Octógono depois de quatro anos fora, Jarjis Danho mostrou que o poder de seus punhos está mais avassalador do que nunca. O peso pesado nocauteou Yorgan de Castro no primeiro round do duelo com um belo golpe de direita, que pegou em cheio na têmpora de Yorgan, deixando o rival completamente desacordado no centro do Octógono.

"Eu estava me preparando golpear o corpo, arriscando com chutes baixos. Ele abaixou as mãos e eu vim com o overhand. Eu me senti bem. Com certeza foi um momento difícil, mas me senti muito bem no Octógono. Depois do nocaute, me senti incrível."

Jack Shore vence Hunter Azure

Foi um duelo parelho, mas Jack Shore saiu vitorioso contra Hunter Azure na quarta luta do card. O galês fez bom uso do seu wrestling e impôs seu jogo contra o norte-americano. Azure buscava dificultar se movimentando bastante e buscando raspagens, mas dois dos três juízes deram a vitória para Shore ao final de 15 minutos.

"Achei que ele poderia ter vencido o segundo round, mas senti que merecia a vitória. O primeiro e o terceiro eram claramente meus, e o segundo foi parelho. Não foi meu melhor desempenho de maneira alguma, mas definitivamente mereci a vitória. Não estou com pressa. Tenho 26 anos e 14 lutas profissionais. Só quero aprender mais e lutar de forma consistente."

Saldana vence em sua estreia

Foi um duelo disputado, mas Luis Saldana conseguiu sair vitorioso em sua estreia no Octógono. O lutador vindo do Contender Series superou Jordan Griffin na decisão unânime dos juízes após fazer um bom primeiro round e dominar o rival no terceiro. Foi a primeira vitória de Saldana por decisão em sua carreira.

"Uma primeira luta difícil. Eu definitivamente senti o nervosismo. Tive uma descarga de adrenalina, mas aguentei. Estou feliz por ter saído com a vitória. Eu não acho que fiz o meu melhor, ainda bem que os juízes acharam que eu fiz o suficiente. Superei isso e é hora de melhorar."

Jung domina Knight

No segundo duelo do evento, o coreano Da-Un Jung não deu chances a William Knight e saiu vitorioso na decisão unânime após três rounds. Jung usou bem seu wrestling para levar o duelo para o solo quando precisou e manteve o domínio enquanto o combate se passava no chão, faturando assim mais uma vitória no Octógono.

"Eu obviamente tinha a vantagem de altura e alcance, então o plano era realmente jab e chute baixo o tempo todo. Foi mais fácil derrubá-lo do clinch do que eu esperava. Eu quero lutar contra qualquer um acima de mim no ranking."

Kasanganay finaliza Palatnikov

Impa Ksanganay fez bonito e conquistou uma bela vitória na primeira luta do card. O lutador acelerou o ritmo do duelo contra Sasha Palatnikov no começo do segundo round e encaixou um belo mata-leão, obrigando o rival a bater em desistência aos 26 segundos. Foi a segunda vitória de Kasanganay no Octógono.

"Eu queria voltar e conseguir a interrupção. Eu queria o nocaute, mas foi incrível finalizar e bem para voltar a lutar o quanto antes. É bom voltar a fazer o que amo. Eu adoraria lutar em breve. Mike Perry e Daniel Rodriguez, talvez o vencedor dessa luta. Seria incrível."

Confira todos os resultados do UFC Vegas 23
Card Principal

Marvin Vettori venceu Kevin Holland por decisão unânime (triplo 50-44);
Arnold Allen venceu Sodiq Yusuff por decisão unânime (triplo 29-28);
Julian Marquez venceu Sam Alvey por finalização (esgana-galo) aos 2m07s do 2º round;
Mackenzie Dern venceu Nina Nunes por finalização (chave de braço) aos 4m48s do 1º round;
Daniel Rodriguez venceu Mike Perry por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26).

Card Preliminar

Joe Solecki venceu Jim Miller por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27);
Mateusz Gamrot venceu Scott Holtzman por nocaute a 1m22s do 2º round;
John Makdessi venceu Ignacio Bahamondes por decisão dividida (29-28, 28-29, 30-27);
Jarjis Danho venceu Yorgan de Castro por nocaute aos 3m02s do 1º round;
Jack Shore venceu Hunter Azure por decisão dividida (30-27, 28-29, 30-27);
Luis Saldana venceu Jordan Griffin por decisão unânime (triplo 29-28);
Da-Un Jung venceu William Knight por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27);
Impa Kasanganay venceu Sasha Palatnikov por finalização (mata-leão) aos 26s do 2º round.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube