Pular para o conteúdo principal
Resultados

Confira todos os resultados do UFC Vegas 24

Evento ocorre neste sábado (17) e tem Robert Whittaker enfrentando Kelvin Gastelum na luta principal

O Octógono foi novamente montado no UFC Apex neste sábado (17) para o UFC Vegas 24. Na luta principal do evento, os pesos médios Robert Whittaker e Kelvin Gastelum farão um duelo programado para cinco rounds. Veja os resultados abaixo:

Whittaker domina Gastelum

Robert Whittaker está mais próximo do que nunca de uma nova disputa de cinturão. O ex-campeão dominou Kelvin Gastelum durante os cinco rounds da luta principal do UFC Vegas 24 e saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes. Whittaker se mostrou mais veloz do que o rival nos 25 minutos e pontuou com jabs na luta em pé e o domínio no solo quando foi preciso. É a terceira vitória consecutiva do ex-campeão.

"Foi um começo muito bom contra Kelvin e acho que estabeleceu o ritmo para muito do que aconteceu. Eu fiquei muito feliz com isso. O final, levantar o braço, foi a parte mais memorável da luta, com certeza. Foi uma luta dura. Foi muito disputada e conquistei a vitória com muito esforço. A próxima luta para mim é pelo título. Essa é a luta que mereço."

Andrei Arlovski vence por decisão

Na segunda luta mais importante do evento, o veterano Andrei Arlovski venceu Chase Sherman na decisão unânime dos juízes. Arlovski chegou a acusar os golpes do rival no primeiro round, mas passou a se movimentar melhor no segundo assalto e a minar as pernas de Sherman com fortes chutes, o que tirou a movimentação do norte-americano e facilitou para que os golpes do ex-campeão entrassem no rival.

"Quero agradecer novamente a Dana White, ao UFC e aos matchmakers pela oportunidade de pisar no octógono hoje à noite em um curto espaço de tempo, porque o que aconteceu no dia 20 de fevereiro me aborreceu e estou muito feliz por esta oportunidade. Talvez eu não tenha lutado como as pessoas queriam, como o UFC queria, mas pelo menos consegui a vitória e da próxima vez vai ser melhor."

Malkoun domina Alhassan

Mostrando um wrestling de elite desde o primeiro minuto, Jacob Malkoun anulou Abdul Razak Alhassan e saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes. O peso-médio diminuiu a distância da luta e travou o duelo na grade, junto com quedas pontuais, para que Alhassan não levasse perigo com seu poder de nocaute, faturando assim a vitória após 15 minutos intensos.

"Whittaker e eu treinamos juntos, estamos sempre em cima um do outro, não somos melhores amigos o tempo todo nos treinamentos. Estamos sempre nos vendo, batendo de frente, mas devo muito a ele também, porque ele me trouxe junto para suas lutas e eu aprendi apenas por estar perto dele. Não estou aqui para fãs, não estou aqui para nada. Estou aqui apenas para lutar, vencer, construir minha própria carreira e apenas provar a mim mesmo que pertenço a esse lugar."

Cortez vence Kish por decisão dividida

O UFC Vegas 24 foi recheado de decisões divididas - e o duelo entre Tracy Cortez e Justine Kish também terminou assim. Depois de 15 minutos movimentados, Cortez saiu vitoriosa na pontuação de dois dos três juízes laterais. A lutadora mostrou maior volume de golpes do que Kish, que levava perigo nos contragolpes e chegou até a conseguir um knockdown no terceiro assalto.

"Eu estava muito confiante lá, estava muito confortável. Tenho uma grande equipe e a forma como treinei para essa luta foi perfeita, não tenho queixas. Estou muito feliz com meu desempenho esta noite. Tomara que até o final do ano, se tudo for bem feito, eu esteja entre as cinco primeiras do ranking."

Luis Pena vence por decisão dividida

Mais uma decisão dividida marcou o UFC Vegas 24. Luis Pena e Alexander Munoz travaram um duelo muito equilibrado, com vitória de "Violent Bob Ross" após 15 minutos bem disputados, Munoz foi melhor na primeira etapa, especialmente com o wrestling, mas Pena passou a pressionar mais a partir do segundo assalto e dominou o terceiro, vencendo na opinião de dois dos três juízes.

"Alex é um adversário difícil. Ele veio lá, ele aguentou tudo, seu wrestling foi muito sólido. Ele é um cara super forte, foi difícil tirá-lo de cima de mim, mas acho que conforme estou crescendo - ainda sou um cara jovem - fazendo o treinamento de força e ficando mais forte, vai ser cada vez mais difícil para os caras fazerem isso comigo. Eu só quero manter esse momento e caminhar até o top 15."

Romanov vence por decisão técnica

Um resultado incomum marcou a última luta do card preliminar. Alexandr Romanov saiu vitorioso contra Juan Espino por decisão técnica dividida após uma joelhada ilegal não-intencional do espanhol. Os dois atletas travaram um bom duelo, alternando posições no solo até o ocorrido, sendo que dois dos três juízes deram vitória para o moldavo.

Jessica Penne vence em seu retorno

Foram quatro anos longe do Octógono, mas Jessica Penne voltou sem nenhum tipo de ferrugem e saiu vitoriosa na decisão dividida dos juízes em seu duelo contra Loopy Godinez. A veterana soube travar o duelo e manter a luta no clinch durante boa parte dos 15 minutos, anulando assim o boxe da rival e vencendo na opinião de dois dos três árbitros laterais.

"Não foi um caminho fácil de volta aqui e esta semana inteira eu estava muito emocionada, meio que me questionando se eu realmente pertencia a este lugar. Estou orgulhosa de mim mesma por passar por isso e conseguir a vitória. Não consigo recuperar o tempo que perdi, mas aprendi e cresci com isso. Estou feliz em continuar aprendendo e crescendo com cada experiência."

Meerschaert finaliza Fabinski

O jiu-jítsu de Gerald Meerschaert voltou a brilhar no Octógono. O norte-americano encaixou uma linda guilhotina em Bartosz Fabinski no primeiro round e saiu vitorioso do Octógono. Meerschaert esperou o polonês dar o bote para utilizar sua especialidade e conquistar mais uma vitória por finalização na carreira.

"Eu sei que ele gosta de dar double legs, então estava preparado para isso. Mantive uma boa posição de cabeça, mantendo meu ombro em posição e quando ele tentou a queda, fui para a guilhotina e deu certo. O cenário perfeito foi o de hoje. Agora eu volto para casa, passo um tempo com a família e espero lutar mais uma vez antes do final do ano."

Hubbard supera Bush

Foi movimentado, mas Austin Hubbard superou Dakota Bush na decisão unânime dos juízes após três rounds. Hubbard teve dificuldades com a movimentação do rival nos cinco primeiros minutos, mas aproveitou o cansaço de Bush no segundo round em diante e conseguiu manter o adversário controlado utilizando seu wrestling.

"Eu estou feliz. É sempre bom sair com uma vitória. Ele era muito duro, me pressionou e tinha mais gás do que eu imaginava - vou dar-lhe crédito por isso. Eu só queria deixar tudo lá, eu senti que fiz isso. Eu adoraria lutar no final de junho ou em qualquer momento de julho. Eu sou um daqueles caras que não gosta de ficar muito tempo parado. Tive alguns ferimentos da minha última luta, por isso demorei tanto para voltar aqui."

Gravely nocauteia Birchak

A primeira luta da noite abriu o card do UFC Vegas 24 de maneira eletrizante. Tony Gravely conseguiu um lindo nocaute sobre Anthony Birchak no segundo round. O peso-galo já tinha mostrado um wrestling de grande qualidade e as mãos pesadas no 1º round, mas foi no 2º que um direto entrou em cheio no queixo do rival e Gravely foi para o ground and pound para vencer o duelo.

"Eu me senti ótimo. Eu consegui minha primeira interrupção e acho que muitas pessoas esperavam que eu fosse apenas um lutador, um tipo de lutador chato, mas eu só queria mostrar às pessoas que esse não é o caso. A última apresentação que tive não foi como costumo lutar. Foi bom nocautear. Eu só quero me manter ativo. Eu quero vencer, quero lutar o máximo que puder, permanecer ativo, obter vitórias, obter bônus."

Confira todos os resultados do UFC Vegas 24
Card Principal

Robert Whittaker venceu Kelvin Gastelum por decisão unânime (triplo 50-45);
Andrei Arlovski venceu Chase Sherman por decisão unânime (triplo 29-28);
Jacob Malkoun venceu Abdul Razak Alhassan por decisão unânime (triplo 30-27);
Tracy Cortez venceu Justine Kish por decisão dividida (29-28, 28-29, 30-27);
Luis Pena venceu Alexander Munoz por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28).

Card Preliminar

Alexandr Romanov venceu Juan Espino por decisão técnica dividida (29-28, 28-29, 29-28);
Jessica Penne venceu Lupita Godinez por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);
Gerald Meerschaert venceu Bartosz Fabinski por finalização (guilhotina) aos 2m do 1º round;
Austin Hubbard venceu Dakota Bush por decisão unânime (triplo 29-28);
Tony Gravely venceu Anthony Birchak por nocaute técnico a 1m31s do 2º round.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube