Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Confira um resumo da carreira de Rafael dos Anjos como peso-leve no UFC

Ex-campeão da divisão faz sua estreia como meio-médio no UFC Singapura

Neste sábado (17), o ex-campeão dos leves Rafael dos Anjos fará sua estreia na divisão dos meio-médios no Ultimate, em duelo contra Tarec Saffiedine no UFC Singapura.
Mais UFC Singapura: Bethe - ousada e confiante | As promessas do evento | Confira o card completo
Por isso, preparamos um resumo da carreira de quase 10 anos de RDA como peso-leve no UFC. Confira!

Início instável
Rafael chegou ao Ultimate em 2008 como um bom prospecto oriundo do jiu-jítsu, mas demorou um pouco para se firmar.
O brasileiro começou sua trajetória com derrotas nas duas primeiras lutas, se reabilitou, mas não conseguiu emplacar em seus primeiros três anos de UFC, nos quais somou apenas quatro vitórias e quatro derrotas.

Escalada rumo ao topo
O ano de 2012 foi decisivo para Rafael no Ultimate. Foi a partir deste ano que ele emplacou uma sequência de cinco triunfos seguidos, incluindo a maior vitória de sua carreira até então, sobre Donald Cerrone, e se firmou como um dos melhores atletas da categoria, mostrando uma evolução constante em sua trocação e se tornando um lutador completo.
RDA ainda foi obrigado a dar um passo atrás quando foi superado pelo russo Khabib Nurmagomedov em 2014, mas, no mesmo ano, deu a volta por cima vencendo de forma absolutamente dominante Jason High, Ben Henderson e Nate Diaz, e se credenciando à disputa pelo cinturão da divisão.

A conquista do título
Em março de 2015, Rafael chegou como azarão ao duelo contra Anthony Pettis pelo título dos pesos-leves do Ultimate, mas se portou como o verdadeiro campeão. O brasileiro castigou o norte-americano por cinco rounds e se tornou o primeiro atleta do país a conquistar o cinturão da categoria na história do UFC.
No mesmo ano, ele voltou a encontrar Cerrone em sua primeira defesa e mais uma vez foi arrasador, nocauteando o “Cowboy” e quebrando o recorde de vitória mais rápida em uma luta pelo cinturão dos leves na organização.
A jornada de Rafa na divisão se encerraria, no entanto, no ano seguinte, com as derrotas para Eddie Alvarez, que lhe custou o cinturão, e para Tony Ferguson.
Confira alguns números da trajetória de Rafael dos Anjos como peso-leve no UFC:
21 lutas
14 vitórias (quatro nocautes, duas finalizações, oito decisões)
7 derrotas (dois nocautes, uma finalização, quatro decisões)
2 prêmios de Luta da Noite
3 prêmios de Performance da Noite
1 prêmio de Finalização da Noite
1º brasileiro campeão da divisão
1 defesa de cinturão bem-sucedida
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC