Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Contender Series Ep. 4 - Prévia de todas as lutas

Canal Combate transmite a série ao vivo nesta terça (1º) a partir das 21h


Mais uma semana passou no Dana White’s Tuesday Night Contender Series e mais dois lutadores conquistaram contratos com o UFC após vitórias contundentes.
Karl Roberson e Geoff Neal se juntaram ao plantel do UFC após nocautes de cair o queixo na última terça-feira e agora 10 novos prospectos buscam os holofotes na quarta semana da série.
Confira os vencedores do terceiro episódio do Contender Series
Entre os lutadores competindo no próximo card está o promissor peso-médio Phillip Hawes, considerado um dos principais prospectos do esporte após trabalhar ao lado de Jon Jones por vários anos na Jackson Wink MMA.
Hawes fará a luta principal do card desta semana contra Julian Marquez - um atleta de 27 anos que conquistou todas suas cinco vitórias profissionais por nocaute.
Tendo isso dito, vamos dar uma olhada nos cinco confrontos que acontecerão na semana 4 do Dana White’s Tuesday Night Contender Series, que vai ao ar exclusivamente no Combate nesta terça-feira.
PHILLIP HAWES X JULIAN MARQUEZ
Phil Hawes (4-1) há tempos é considerado uma estrela em ascensão após ser elogiado por Jon Jones, com quem treina no Novo México, após ambos virem do mesmo programa de wrestling em Iowa. Infelizmente, Hawes falhou quando esteve sob os holofotes, ficando de fora do elenco do TUF 23 e sendo derrotado por Louis Taylor no ano passado.
Mesmo assim, o estilo explosivo e dinâmico de Hawes mostra muito potencial, e ele espera voltar ao radar do UFC com uma vitória nesta terça. Nos melhores dias, Hawes é um wrestler dominante com mãos poderosas que lhe renderam três vitórias por nocaute na carreira.
Neste confronto, no entanto, Hawes pode ter que precisar de sua luta agarrada, já que Julian Marquez (5-1) não é nada bobo em pé, e conquistou todas suas vitórias por nocaute.
Marquez é um lutador muito perigoso e experiente, com várias lutas amadoras no currículo antes de sua estreia profissional em 2014. Desde então, ele construiu um currículo impressionante, que inclui uma vitória por nocaute técnico sobre o ex-UFC Matt Hammil.
É desnecessário dizer, mas Hawes e Marquez têm muito a provar nesta luta, que deve ser um empolgante duelo principal esta semana.
JAMES GRAY X KYLER PHILLIPS
Não pisque nesse confronto de pesos-galo entre James Gray e Kyler Phillips, porque ambos conqusitaram a reputação de finalizadores ferozes quando pisam no octógono.
Gray (4-1) é um especialista em luta agarrada que tem uma longa lista de lutas amadoras antes de se tornar profissional em 2013. Desde então, Gray somou quatro vitórias - todas por finalização - e tem um dos melhores jogos de chão da divisão dos galos. Gray é perigoso em qualquer posição no chão, mas seu triângulo talvez seja sua melhor arma. Ele já conseguiu aplicar um raro triângulo voador em sua carreira.
Já Phillips (4-0) é outra grande promessa da divisão vindo do Arizona, onde treina na MMA Lab ao lado de diversos atletas do UFC como Bryan Barberena, John Moraga e Lauren Murphy.
Phillips tem um jogo completo e já conquistou vitórias em pé e no chão em sua carreira, então será um duro teste para qualquer peso-galo, incluindo Gray.

 
RONALDO CANDIDO X CARLOS CANDELARIO
Se o que você busca é luta agarrada de primeira linha, não precisa procurar em outro lugar além deste duelo de pesos-mosca entre Ronaldo Candido e Carlos Candelario.
Candido (6-0) é um nome conhecido pela sua participação na 24ª temporada do TUF, na qual 16 pesos-mosca competiram em um torneio pela chance de enfrentar Demetrious Johnson. Candido fez uma campanha impressionante no programa, mas caiu diante de Eric Shelton nas quartas-de-final. Treinador de jiu-jítsu de Jose Aldo, Candido tem um nível muito alto no chão e um arsenal de finalizações inigualável na categoria.
Apesar destas credenciais, ele terá um trabalho duro com Candelario (6-0), que também é oriundo da luta agarrada, mas tem grande poder para acabar suas lutas com as mãos.
Candelario somou uma impressionante sequência de seis vitórias em sua carreira profissional, sendo cinco por nocaute ou finalização. Na verdade, ele só passou do primeiro round em duas oportunidades, então espere um lutador agressivo na tentativa de chamar a atenção de Dana White.
AUSTIN ARNETT X BRANDON DAVIS
Dois veteranos experientes vão colidir neste duelo de pesos-pena entre Austin Arnett e Brandon Davis.
Arnett (15-2) conseguiu uma longa série de vitórias antes de ser chamado para o Contender Series e treina com a mesma equipe que formou a vencedora do TUF Julianna Peña. Ele vem de 13 vitórias consecutivas com nocautes e finalizações e, com 1,80m, será um dos maiores competidores no peso-pena.
Enquanto isso, Davis (7-2) venceu seis lutas consecutivas competindo principalmente em eventos regionais no sul dos Estados Unidos. Davis treina com o ex-UFC Alan Belcher, então certamente vai se beneficiar do conhecimento de seu treinador para buscar a vitória na terça-feira.
JOHN CASTANEDA X CHEYDEN LEIALOHA
A luta que abre o card é um confronto espetacular entre os prospectos do peso-galo John Castaneda e Cheyden Leialoha.
Castaneda (13-2) chega para a luta embalado por oito vitórias, incluindo um nocaute brutal sobre o ex-UFC Chris Beal em sua última luta. Ao longo dessa atual sequência de triunfos, ele foi para a decisão dos jurados apenas duas vezes, sendo quatro vitórias por nocaute e outras duas por finalização, provando que é um lutador perigoso em qualquer área.
Leialoha (6-0) é mais uma promessa do Havaí, onde se junta a uma longa lista de lutadores de elite como o campeão peso-pena Max Holloway. Leialoha tem sido demolidor neste início de carreira, com seis vitórias seguidas, incluindo três por mata-leão, provando que é extremamente perigoso quando pega as costas. Recentemente, ele também aplicou seu primeiro nocaute, então não pense que ele não buscará a trocação neste confronto de pesos-galo contra Castaneda.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC