Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Cormier confirma favoritismo e vence Anderson Silva por decisão unânime

Duelo não teve cinturão dos meio-pesados em disputa


Lutando contra o campeão de uma categoria acima da sua, em um combate que aceitou com dois dias de antecedência, Anderson Silva pode se dar por satisfeito com sua participação no UFC 200.
Mais UFC 200: Resumo do card preliminar | José Aldo conquista cinturão
Na noite de sábado, o brasileiro foi derrotado por Daniel Cormier por decisão unânime dos jurados, mas não sem dar trabalho para o detentor do cinturão dos meio-pesados, e arrancou aplausos do público após o combate.
Cormier não quis saber de trocar golpes em pé com o brasileiro e logo no início da luta mergulhou nas pernas do Spider, levando o combate para o chão.
A estratégia se manteve durante os três rounds. Entretanto, sempre que se levantavam, Anderson mostrava toda sua criatividade na trocação com combinaçoes de chutes, joelhadas e cotoveladas, e chegou a machucar as costelas de Cormier a segundos do fim da luta.
Após o combate, “DC” agradeceu o brasileiro por aceitar a luta de última hora, e Anderson parabenizou o campeão, reiterando que encarou o combate como um teste pessoal.
Assine o Combate | O canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC