Pular para o conteúdo principal
Notícias

Cormier reflete sobre derrota e promete melhor forma para o UFC 252

Ex-campeão dos pesados fará trilogia contra atual rei da categoria Stipe Miocic em 15 de agosto

Uma trilogia valendo o cinturão do peso-pesado acontece em 15 de agosto, quando Stipe Miocic e Daniel Cormier se enfrentam na luta principal do UFC 252.

Com o placar empatado e o cinturão na casa de Miocic, “DC” está ávido por mais uma vitória. Em seu programa com Ariel Helwani na Espn norte-americana, o ex-campeão analisou a última luta, na qual foi nocauteado e perdeu o cinturão para o rival.

HERO - Daniel Cormier and Stipe Miocic face off during the UFC 241 weigh-in

“Eu deixei a bola cair da última vez. Estava tão distraído com tudo o que estava acontecendo na minha vida, e estava focado em ser treinador e tudo mais, e me atrapalhei. Eu não estava preparado como deveria, e cansei. Admito, eu cansei. Ele me acertou com aqueles golpes no final, ele me machucou no corpo e na cabeça, e eu não reagi porque estava muito cansado, e não vou deixar isso acontecer de novo. Se ele sequer encontrar uma maneira de me machucar, vou resistir como fiz em todos os outros aspectos da minha vida. Eu não fiz isso da última vez e penso nisso todos os dias”, declarou.

DC foi melhor no primeiro round da luta, mas com o tempo Miocic impôs sua estratégia até conseguir o TKO na quarta parcial. O ex-campeão admitiu que, além da fadiga extrema, outro fator pesou na sua derrota: excesso de confiança.

Ele é novamente o dono do cinturão peso-pesado! Veja como foi a vitória de Stipe Miocic sobre Daniel Cormier no UFC 241.


“Eu estava muito confortável porque senti que era melhor – e ainda acredito que sou melhor – mas isso foi quase reafirmado depois do primeiro round porque eu conectei quase todos os golpes que joguei. Acho que acertei 70% dos meus golpes na luta. Eu quase não errei, então foi uma combinação ruim que me derrotou. Eu penso nisso constantemente. É ruim”, disse.

Em 15 de agosto, Cormier terá a chance de desempatar o placar a seu favor e retomar o título da divisão até 120 Kg. Mas já tendo sido derrotado por Miocic uma vez, o norte-americano prefere se manter realista quanto às suas expectativas.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube

Social Post

“Só quero cumprir com meu dever. Se isso significa vencer, então é vencer. Mas quero competir com todas as minhas habilidades. Aquilo não foi ter minhas habilidades. Eu sei que, por ele ser quem é, existe a chance de me vencer. Você tem que ser burro para pensar que um cara que fez tudo o que ele fez não poderia vencer a luta. Mas se ele ganhar, quero que seja contra a minha melhor versão”.

“Se ele vencer, quero que seja batendo o melhor Daniel Cormier, não só um cara que tinha passado por cirurgia menos de um ano antes e não estava em sua melhor condição física, que não conseguia treinar para ser quem é. Isso é tudo o que eu quero. Quero competir com todo meu potencial, e dito isso, sinto que meu potencial é que eu vou vencer”.

Confira o card do UFC 252 até agora.