Pular para o conteúdo principal

Cris ‘Cyborg’ fala sobre processo de corte de peso e analisa Rousey x Holm

Brasileira volta aos cages para confronto em peso combinado


Campeã peso-pena do Invicta FC, Cris ‘Cyborg’ segue firme na rotina para perder peso visando uma mudança de categoria no MMA. A brasileira retorna aos cages no fim do ano para um confronto em peso combinado, e deixa bem claro que o objetivo é chegar a uma luta contra a dona do cinturão peso-galo do UFC, Ronda Rousey.

Em entrevista ao programa Inside MMA, Cris contou um pouco mais sobre o processo de corte de peso, que inclui até aulas de dança para ajudar a secar alguns quilos.

Cyborg revela que dança e pole dance fazem parte de sua preparação | Assine o Combate

“Eu continuo treinando para manter a minha força. É claro que eu tive que perder músculo para perder peso, mas estamos trabalhando para manter a força. Eu me sinto forte, bem. Estou 6,8kg mais leve. Estou pesando 74,8kg agora. Estou bem”, afirmou.

“Eu sempre me preocupo com a minha próxima luta. Minha próxima luta vai ser em dezembro, ainda não tenho oponente, mas vou bater 63,5kg de maneira saudável e fazer uma boa luta para meus fãs. Todo mundo quer me ver enfrentando a Ronda Rousey e isso não muda. As pessoas vão continuar perguntando”, disse a brasileira.

Ronda também tem data marcada para voltar a competir. A norte-americana enfrenta Holly Holm na luta principal do UFC 193, em 14 de novembro, e Cris analisou o confronto.

“A Holly Holm é uma trocadora, e acho que ela vai tentar manter a luta em pé. A Ronda Rousey provou que seu jogo é mais o MMA, mas ela tem que começar em pé. Acho que ela vai tentar derrubar e ir para o armlock, como sempre. Mas ela provou em sua última luta que seu boxe melhorou. Estou animada para essa luta”, declarou.

Ingressos à venda para o UFC São Paulo
Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC