Pular para o conteúdo principal

Damm acaba derrotado, mas preliminares são agitadas

Três nocautes deram início aos grandes combates do ano 

Dunham sobrou na trocação

Primeiro brasileiro a entrar no Octógono em 2015, Rodrigo Damm chegou à Las Vegas com obrigação pela vitória, após dois resultados negativos em sequência. Mas seu adversário nas preliminares do UFC 182, neste sábado, Evan Dunham vinha em situação ainda pior: três derrotas. Pressão pros dois lados, o americano fez por merecer o triunfo por decisão unânime, dominou o brasileiro nos três rounds. Damm, por sua vez, parece que não aprendeu com os erros das últimas apresentações, quando deixou de lado a luta agarrada, sua principal habilidade. Novamente, Rodrigo insistiu na trocação e acabou se tornando alvo fácil para Dunham, que caminhou sempre para cima e conectou diversos golpes. Evan Dunham agora respira aliviado, enquanto Damm se complica.

O primeiro nocaute do ano saiu na quarta luta da noite, entre os pesos pesados Shawn Jordan e Jared Cannonier. No Jordan e seu tradicional mortal pós-vitóriasegundo minuto, Jordan encaixou um cruzado de direita na lateral da cabeça do oponente. O estreante em UFCs Cannonier, que tinha como missão colocar o Alaska no cenário mundial do MMA, não resistiu ao golpe e caiu ao chão. Jordan aplicou mais alguns socos até definir tudo, exatamente aos 2min57s da etapa inicial.

Cody Garbrandt e Marcus Brimage faziam uma luta disputada e parelha, quando Garbrandt, mais um estreante em UFCs na noite, conseguiu uma boa sequência, no terceiro round. Um forte golpe de direita decretou o fim para Brimage, para espanto do campeão peso galo TJ Dillashaw e Urijah Faber, na platéia. Com o nocaute técnico, aos 4min50s da terceira etapa, Cody Garbrandt segue invicto como profissional, além de chegar com o pé direito entre os pesos galos do Ultimate.

Mas o nocaute mais impressionante veio na última luta do card preliminarl, entre os pesos leves Paul Felder e o representante da Alpha Male Danny Castillo. Favorito, Castillo não conseguiu encontrar a distância correta e entrar no raio de ação de Felder que, na base dos contragolpes, vinha levando a melhor na trocação. No segundo round o combate seguia o mesmo panorama, quando Castillo tentou um chute baixo, mas acabou surpreendido com um soco giratório de direita de Felder, que conquistou o segundo triunfo no UFC, além de seguir invicto no MMA.

Confira todos os resultados das preliminares:

UFC 182
3 de janeiro de 2015, em Las Vegas (EUA)

Paul Felder venceu Danny Castillo por KO aos 2min9s do R2
Cody Garbrandt venceu Marcus Brimage por TKO aos 4min50s do R3
Shawn Jordan venceu Jared Cannonier por TKO aos 2min57s do R1
Evan Dunham venceu Rodrigo Damm por decisão unânime
Omari Akhmedov venceu Mats Nilsson por decisão unânime
Marion Reneau venceu Alexis Dufresne por decisão unânime