Pular para o conteúdo principal

Dana White diz que preservou carreira de Tate ao escolher Holm como desafiante

 Norte-americana já foi derrotada duas vezes por Ronda Rousey


Depois que Miesha Tate venceu Jessica Eye em julho, era esperado que a norte-americana ganhasse a terceira chance de enfrentar a campeã peso-galo Ronda Rousey, mas foi Holly Holm quem capturou a vaga de desafiante.

Em entrevista ao programa UFC Tonight, da TV norte-americana, o presidente da organização, Dana White, explicou que a decisão foi feita para preservar a carreira de ‘Cupcake’.

Assine o canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

“Nós falamos que a luta entre Tate e Eye definiria a próxima desafiante, mas quando analisamos, a Miesha já perdeu para ela (Ronda) duas vezes. A Holly Holm é invicta com nove vitórias no MMA. Se você analisar o alcance, a distância, os chutes altos, todos os atributos... Nós originalmente trouxemos a Holly Holm para o UFC para enfrentar a Ronda Rousey. Essa luta faz sentido. Se a Miesha perdesse para a Ronda uma terceira vez, isso mataria a carreira dela”, afirmou o mandatário.

Dana não excluiu a possibilidade de Tate lutar pelo título novamente, mas afirmou que a lutadora precisará conquistar mais algumas vitórias para isso.

“A Miesha vai precisar nocautear mais algumas pessoas para lutar com a Ronda”, declarou.

Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias