Pular para o conteúdo principal

Dana White explica motivos para Holly Holm enfrentar Ronda Rousey

Luta foi anunciada para janeiro de 2016, em Las Vegas, no UFC 195


A luta entre Ronda Rousey e Holly Holm foi confirmada na manhã desta sexta-feira para o UFC 195, em 2 de janeiro de 2016. O duelo não agradou Miesha Tate, que vinha sendo apontada como a próxima desafiante ao cinturão feminino dos galos. Em entrevista ao site do jornal Los Angeles Times, Dana White explicou como foi a decisão de trocar a rival da campeã.
Leia também: Dana nega Ronda x Cyborg | Cinturão fica no Brasil | Lista da Forbes | Assine o Canal Combate

"Estávamos falando sobre Miesha Tate no começo, mas sentamos para conversar e vimos que todos os fãs já viram a luta contra a Miesha", disse Dana White, explicando que Ronda já venceu a rival duas vezes e que para existir uma trilogia o duelo precisaria estar empatado. "Não sei se perder outra vez para Ronda seria bom para Miesha".

Dana White também falou sobre a próxima desafiante, avaliando que Holm estava nervosa em sua estreia (venceu Raquel Pennington), mas conseguiu mostrar seu jogo na segunda luta (venceu Marion Reneau). "Todos ficam nervosos na estreia, mas ela se recuperou e conseguiu ir bem contra uma rival que tinha vencido suas últimas lutas. Holm é uma excelente boxeadora, por isso é a luta mais difícil para Ronda".