Pular para o conteúdo principal

De zebra a campeão - O caminho de superação de TJ Dillashaw no UFC

 Norte-americano campeão dos galos enfrenta Renan Barão na noite deste sábado

Atualmente, TJ Dillashaw é campeão absoluto dos pesos-galos e considerado o sexto melhor lutador de todo o UFC, mas nem sempre foi assim. O norte-americano batalhou muito para chegar até o topo, e foi considerado o azarão em vários dos seus combates.

Relembre o caminho de Dillashaw até o cinturão do UFC: 

Dillashaw x Dodson - The Ultimate Fighter 14 Finale, dezembro de 2011
Participante da 14ª edição do reality show The Ultimate Fighter, Dillashaw estreou no UFC sofrendo a primeira de sua carreira. O futuro campeão foi nocauteado por John Dodson no primeiro round da luta válida pela final do programa, mas venceu seus quatro combates seguintes e, aos poucos, foi escalando posições no ranking da categoria. 


Dillashaw x Assunção - UFC Barueri, outubro de 2013
Quem interrompeu a crescente sequência de vitórias do norte-americano foi Raphael Assunção. Em duelo muito equilibrado, que foi eleito o melhor da noite do UFC Barueri, o brasileiro levou a melhor por decisão divida dos juízes.

Dillashaw x Easton - UFC Fight Night 35, janeiro de 2014
Depois do revés no Brasil, Dillashaw foi escalado para enfrentar o compatriota Mike Easton. Usando suas afiadíssimas habilidades no wrestling, o integrante da Team Alpha Male misturou combinações de golpes com quedas e conquistou a vitória por decisão unânime, voltando a ter uma posição de destaque entre os pesos-galos. 



Dillashaw x Barão - UFC 173, maio de 2014
A chance pelo título veio sem muito aviso. Dillashaw foi chamado para enfrentar o campeão Renan Barão depois que a luta entre Vitor Belfort e Chris Weidman, que lideraria o card do UFC 173, foi cancelada. Grande azarão, o norte-americano surpreendeu o brasileiro com um knockdown no primeiro round, e dominou o combate até a última parcial, quando conseguiu o nocaute técnico. 

Dillashaw x Soto - UFC 177, agosto de 2014
Originalmente, o UFC 177 teria como principal atração a revanche entre Barão e Dillashaw, mas o brasileiro passou mal horas antes da pesagem e o duelo foi cancelado. O estreante Joe Soto foi chamado de última hora para lutar pelo título, mas o campeão manteve a coroa com uma estratégia segura, batendo o rival por nocaute técnico no quinto round. 

Dillashaw se prepara para fazer a segunda defesa de título neste sábado (25), quando encara Renan Barão na luta principal do UFC Chicago. O evento terá transmissão exclusiva do Canal Combate a partir das 17h (horário de Brasília). Assine já e não perca nenhum detalhe!

Veja também:
Já em Chicago, TJ Dillashaw diz como e em qual round vencerá Renan Barão
'Trouxe o punho direito e o esquerdo de presente', diz Barão
Renan Barão deixa superstição de lado e mostra o novo 'estilo samurai'