Pular para o conteúdo principal
Resultados

Deiveson mantém o cinturão após empate majoritário com Moreno no UFC 256

Brasileiro e mexicano protagonizaram uma das melhores lutas já vistas na categoria dos moscas na noite do último sábado (12)

O cinturão fica no Brasil! Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno travaram uma verdadeira guerra de 25 minutos na luta principal do UFC 256, realizado no último sábado (12), que teve como desfecho um empate majoritário (47-46 Figueiredo, 47-47, 47-47) e o brasileiro mantendo o título. Os dois lutadores deram tudo de si no Octógono do UFC Apex, em Las Vegas, e protagonizaram o quarto resultado deste tipo em uma disputa de título no UFC. O brasileiro perdeu um ponto após um golpe baixo não intencional no terceiro assalto, o que influenciou na pontuação.

Social Post

"Se quiserem me colocar contra ele de novo, pode ter certeza que vou fazer meu camp direito para neutralizar o jogo dele. Eu fiquei e bati o peso em 21 dias para dar um show, e dei. Então Dana, se quiser marcar a revanche, pode marcar aí. Mas agora preciso descansar com a família, a máquina precisa de um respiro."

Deiveson começou pressionando, mas Moreno conseguiu a queda. O brasileiro conseguiu se levantar e o duelo voltou a ficar em pé, com ambos acertando bons golpes. Deiveson mostrava mais força, enquanto Moreno tinha bons momentos com chutes altos. O brasileiro tomou a iniciativa até o fim do primeiro round.

O panorama se manteve no segundo assalto, mas Moreno passou a acertar mais com os contra-golpes. No meio do round, Deiveson foi afobado para cima e acabou sendo derrubado. Logo em seguida, tentando levantar, acabou acertando de forma não intencional o olho do mexicano. A luta voltou no chão, mas logo ficou em pé e os dois trocaram golpes de forma franca. Moreno chegou a sentir um golpe no final, mas levou o duelo pro chão e manteve a distância em seguida.

Os dois atletas voltaram agressivos no terceiro round e desferiram diversos golpes duros. Deiveson passou a crescer e ser mais preciso, com o mexicano acusando os golpes. Deiveson acertou um chute na virilha de Moreno e o duelo foi interrompido, com o árbitro tirando um ponto de Deiveson. No retorno, o brasileiro conseguiu uma queda, mas o duelo voltou a ficar em pé até a buzina soar.

Deiveson abriu o quarto round com uma joelhada voadora. Ambos avançavam e trocavam golpes de forma franca, até que Moreno conseguiu a queda. Nenhum recuava e ambos mostravam um poder de absorção incrível. Moreno conseguiu uma nova queda no final do round depois de receber dois golpes fortes de direita.

Os dois atletas foram para o último round sabendo que nada estava decidido. Ao contrário dos rounds anteriores, ambos diminuíram o ritmo e se estudaram bastante. Os dois lançaram golpes isolados e travaram a luta no clinch no minuto final. Deiveson conseguiu uma queda e um ground and pound nos segundos finais, garantindo assim o cinturão após um empate majoritário.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube