Pular para o conteúdo principal

Demetrious Johnson vence e empata com José Aldo em defesas de cinturão

Campeão peso-mosca defendeu o título pela sétima vez no UFC 191


Demetrious Johnson cravou seu lugar como um dos campeões mais dominantes da história do UFC. Neste sábado (5), na luta principal do UFC 191, o rei do peso-mosca usou sua velocidade, técnica e gás infinito para bater John Dodson em uma revanche que durou cinco rounds agitadíssimos.

O campeão não escondeu nada de seu arsenal, e acertou o desafiante com socos, chutes e quedas plásticas. O rendimento de Dodson foi caindo ao longo do combate, e Johnson dominou, vencendo por decisão unânime.

Esta foi a sétima defesa de título do norte-americano, que agora empatou com o campeão peso-pena José Aldo no terceiro lugar da lista de reis soberanos em suas divisões, atrás de Georges St-Pierre (ex-campeão meio-médio) e Anderson Silva (ex-campeão peso-médio).

Assine o canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

Em duelo que demorou literalmente uma década para acontecer, os ex-campeões do peso-pesado Frank Mir e Andrei Arlovski demonstraram versatilidade, e lutaram tanto em pé quanto no solo. A falta de ritmo, no entanto, não agradou, e Arlovski, se mostrou decepcionado com a performance após ser anunciado como o ganhador.

Carismática e boa de luta, Paige VanZant provou mais uma vez por que tem se tornado uma das atletas mais queridas pelos fãs do UFC. A integrante da Team Alpha Male abafou Alex Chambers na luta em pé durante dois rounds e, na última parcial, encaixou uma chave de braço e finalizou, ao estilo da campeã peso-galo Ronda Rousey.

John Lineker marca território em estreia no peso-galo

Fazendo sua estreia entre os pesos-galos da organização, John Lineker começou com o pé direito na nova categoria. Fazendo jus ao apelido de “mão de pedra”, o brasileiro conquistou o knockdown sobre Francisco Rivera logo no início do combate. Rivera tentou sobreviver aos socos do antigo peso-mosca, mas Lineker continuou pressionando e, quando viu uma oportunidade, puxou o rival para uma guilhotina, liquidando o combate.

Entrando no evento com menos de um mês de antecedência, Tiago Trator travou uma guerra contra Clay Collard. O amapaense não deixou de tentar finalizações em nenhum momento, não se deixando abalar pelas provocações do rival, que baixava a guarda e chamava para o combate. A tenacidade de Trator lhe rendeu a vitória por decisão dividida, sua segunda no Ultimate.

Abrindo o evento, uma luta entre integrantes do TUF Brasil 4. Colegas no Time Shogun, Nazareno Malegarie e Netto BJJ fizeram um duelo de trocação franca. Trocando sem medo, os atletas fizeram o octógono pegar fogo, e Netto foi declarado o vencedor por decisão dividida após três rounds.

Dos brasileiros, apenas Jessica Andrade foi derrotada, apesar da ótima performance. ‘Bate- Estaca’ começou melhor no combate, chegando a carregar Raquel Pennington no colo em duas ocasiões antes de tentar quedas, mas a norte-americana viu uma oportunidade no segundo assalto e encaixou o mata-leão, forçando a adversária a desistir. Confira os resultados do UFC 191:

Card Principal

Demetrious Johnson venceu John Dodson por decisão unânime após cinco rounds;
Andrei Arlovski venceu Frank Mir por decisão unânime após três rounds;
Anthony Johnson venceu Jimi Manuwa por nocaute no segundo round;
Corey Anderson venceu Jan Balchowicz por decisão unânime após três rounds;
Paige VanZant venceu Alex Chambers por finalização no terceiro round.

Card Preliminar

Ross Pearson venceu Paul Felder por decisão dividida após três rounds;
John Lineker venceu Francisco Rivera por finalização no primeiro round;
Raquel Pennington venceu Jessica Andrade por finalização no segundo round;
Tiago Trator venceu Clay Collard por decisão dividida após três rounds;
Joe Riggs venceu Ron Stallings por nocaute técnico (desqualificação) no segundo round;
Joaquim Silva ‘Netto BJJ’ venceu Nazareno Malegarie por decisão dividida.

Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias