Pular para o conteúdo principal

Demian Maia dá aula de jiu-jitsu e vence Neil Magny por finalização no UFC 190

Brasileiro não deu chances ao americano e finalizou a luta no segundo round

No combate mais esperado do card preliminar do UFC 190, Demian Maia fez a alegria dos fãs que compareceram ao HSBC Arena, neste sábado, no Rio de Janeiro. Com uma verdadeira aula de jiu-jitsu, o brasileiro venceu o americano Neil Magny por finalização aos 2’08” do segundo round.
"Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a todo mundo que compareceu essa noite. Eu luto por nós, luto pelo jiu-jitsu brasileiro. Ele (Neil Magny) não queria me dar as costas, mas quando eu tive a oportunidade, consegui apertar bem forte e finalizar a luta", declarou Maia ainda dentro do octógono.
O duelo Brasil x Argentina entre Hugo Wolverine e Guido Cannetti abriu a noite pelo card preliminar do UFC 190. Cannetii foi superior nos três rounds e garantiu a vitória por decisão unânine dos juízes.
Na sequência, foi a vez do brasileiro Vitor Miranda subir ao octógono e massacrar o americano Clint Hester. Vitória por nocaute técnico aos 2’21” do segundo round. “Gostaria de agradecer aos fãs presentes e a todos aqueles que acreditaram em mim quando eu mesmo não acreditava”, declarou Vitor.
Em mais um grande combate, Warlley Alves se impôs sobre Nordine Taleb e manteve a sua invencibilidade no UFC. O brasileiro aplicou uma guilhotina no adversáro aos 51” do segundo round e venceu por finalização.
Na quinta luta da noite, Rafael Feijão e Patrick Cummins fizeram um duelo de tirar o fôlego. Apesar do rosto muito machucado desde o primeiro round, o americano foi soberano e venceu por nocaute técnico no terceiro round.
Confira todos os resultados do card preliminar:
Peso-galo - Guido Cannetti venceu Hugo Wolverine por decisão unânime dos juízes.
Peso-médio - Vitor Miranda venceu Clint Hester por nocaute técnico aos 2’21” do segundo round.
Peso-galo - Iuri Marajó venceu Leandro Brodinho por decisão unânime dos juízes.
Peso-meio-médio: Warlley Alves venceu Nordine Taleb por finalização aos 51” do segundo round.
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins venceu Rafael Feijão por nocaute técnico aos 4’11” do terceiro round.
Peso-meio-médio: Demian Maia venceu Neil Magny por finalização aos 2’08” do segundo round.