Pular para o conteúdo principal
Notícias

Dillashaw aposta em vitória de Petr Yan no UFC 259 e projeta retorno

Ex-campeão peso-galo analisou confronto marcado para 6 de março

O campeão peso-galo Petr Yan tem confronto marcado para 6 de março, quando encara Aljamain Sterling no UFC 259, e um dos espectadores será ninguém menos que o antigo rei da categoria, TJ Dillashaw.

Em entrevista ao podcast “Real Quick with Mike Swick”, o norte-americano fez uma breve análise sobre o confronto e admitiu sua aposta de que o russo manteria o cinturão em sua primeira defesa.

“Acho que é uma luta dura para o Yan por conta dos estilos. Acho que o Yan é o lutador melhor e mais completo. Ele tem mais habilidades nos aspectos de luta, mas o wrestling do Sterling é muito agressivo. A trocação dele é muito desconfortável. Ele não finta muito, ele meio que chuta sem parar. Ele tem a distância, mas se põe as mãos em você, ele tem um ótimo wrestling e seu jiu-jítsu também é muito bom. (...) Eu acho que vai ser uma luta dura porque realmente penso que a maior fraqueza do Yan é seu wrestling”, disse.

“Ainda assim, eu colocaria meu dinheiro no Yan só porque ele é um pouco mais completo estruturalmente e tecnicamente em pé. Mas não podemos subestimar um wrestler”, completou.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube 

Dillashaw não luta desde janeiro de 2019, quando foi derrotado por Henry Cejudo em uma disputa pelo título peso-mosca. Pouco tempo depois, o norte-americano foi suspenso por conta de uma violação da Política Antidoping do UFC.

Após cumprir a punição, o ex-campeão garante que está negociando seu retorno ao Octógono. Quando perguntado sobre quem seria o próximo oponente, Dillashaw fez questão de frisar que está pronto para uma disputa de cinturão, caso ela seja oferecida.

“Se essa for a oportunidade que aparecer para mim, porque sei que o Yan também quer, ele já falou sobre isso e vamos ver o que acontece em 6 de março, quando ele enfrentar o Sterling. Ele tem um teste complicado pela frente, mas é a luta que ele quer. Eu sinto que não saí desse esporte porque perdi o cinturão. Ele sabe que existe muita especulação sobre ele ser o campeão de verdade porque ele não venceu um campeão para conseguir aquele cinturão. Além disso, eu sou o maior nome que ele pode tentar enfrentar agora”, declarou.

“Acho que todo mundo do top 5 me desafiou. Eu quero voltar e enfrentar os melhores. Eu tenho 35 anos agora, tenho muitas coisas acontecendo na vida agora, então quero voltar e provar que sou o melhor peso-galo de todos os tempos. Se isso significa lutar pelo título imediatamente, que seja. Se isso significa enfrentar outra pessoa no top 5, ótimo”.

O UFC 259 acontece em 6 de março e será transmitido ao vivo e na íntegra pelo Canal Combate. Confira o card completo!