Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

DWTNCS 2 - Prévia de todas as lutas

Duelos terão transmissão do Canal Combate ao vivo a partir das 21 horas


Após um episódio de estreia repleto de ação, o Dana White’s Tuesday Night Contender Series volta com mais uma rodada de combates nesta terça-feira em Las Vegas.
Na última semana, tivemos uma série de performances impressionantes, com dois lutadores - Kurt Holobaugh e Boston Salmon - sendo premiados com contratos para competirem no UFC.
Os confrontos desta semana destacam dois nomes familiares de temporadas passadas do The Ultimate Fighter, incluindo um meio-pesado responsável por um dos nocautes mais violentos da história do reality.
Além disso, alguns competidores veteranos e outras boas promessas buscam causar impacto para entrarem no radar do UFC.
Tendo isso dito, vamos analisar os confrontos da semana dois do Dana White’s Tuesday Night Contender Series.

DANIEL SPOHN X ANGEL DE ANDA
A luta principal será entre meio-pesados e envolve dois lutadores de mãos pesadas que estarão com certeza em busca de um nocaute nesta terça.
Dan Spohn (15-6) é mais lembrado por sua passagem no TUF 19, quando conseguiu uma grande estreia com um nocaute brutal em 10 segundos sobre Tyler King, conquistando uma vaga na casa. O momento em que Spohn apagou King nos segundos iniciais do primeiro round foi descrito pelo presidente do UFC Dana White como “provavelmente o mais brutal” nocaute que ele havia visto na história do programa. Spohn chegou até às semifinais e teve apenas uma luta no octógono, na qual foi derrotado por decisão unânime por Patrick Walsh. Desde então, Spohn somou sete vitórias em oito lutas fora do UFC, quatro delas por nocaute.
Angel De Anda (18-5), por sua vez, é um veterano de Modesto, na Califórnia, onde treina ao lado do ex-peso-galo do UFC, Michael McDonald. De Anda é mais conhecido por seu poder de nocaute, tendo conquistado 14 de suas 18 vitórias desta forma. De Anda encarou uma vasta gama de duros oponentes na cena regional e até conseguiu lutar três rounds contra a lenda do kickboxing, Tyrone Spong. Ele ainda vem de seis vitórias seguidas para esta luta.
Devido à paixão de Spohn e De Anda pelo nocaute, é difícil imaginar que esta luta chegue à decisão dos jurados.
CJ HAMILTON X CASEY KENNEY
O invicto promissor peso-mosca Casey Kenney (6-0-1) buscará manter seu cartel intacto quando entrar no DWTNCS nesta semana. Kenney vem de Tucson, no Arizona, onde competiu em várias organizações locais de destaque como o Tachi Palace Fights e o Legacy Fighting Alliance. Kenney é oriundo do wrestling e do judô, e conquistou quatro de suas seis vitórias por finalização.
CJ Hamilton (11-4) tem mais experiência que Kenney após passar boa parte de sua carreira competindo em organizações como o Titan FC e o Legacy Fighting Alliance. Hamilton vem para a luta embalado por seis vitórias consecutivas, e uma de suas poucas derrotas foi em uma equilibrada decisão dividida para o invicto prospecto do UFC, Jarred Brooks, em 2015.
SEAN O’MALLEY X ALFRED KHASHAKYAN
Sean O’Malley (7-0) já tem um bom vídeo de melhores momentos no início de sua carreira, liquidando cinco adversários em suas sete vitórias, quatro deles por nocaute. No Arizona, O’Malley treina ao lado de alguns bons nomes do UFC como Bryan Barberena e o invicto Drakkar Klose. Mais recentemente, O’Malley fez barulho com um nocaute espetacular no Legacy Fighting Alliance em março, logo antes de ser chamado para competir no programa.
Alfred Khashakyan (8-3) tentará encerrar a sequência invicta de O’Malley vindo das mãos do treinador Edmund Tarverdyan, mais conhecido por seu trabalho com a ex-campeã peso-galo do UFC, Ronda Rousey. No último mês de dezembro, Khashakyan conquistou a vitória mais impressionante de sua carreira ao nocautear o ex-UFC Chris Beal no primeiro round.
Com ambos sendo capazes de finalizar a luta rapidamente, espere faíscas do duelo entre O’Malley e Khashakyan.

THANH LE X LAZAR STOJADINOVIC
Após uma campanha no TUF 22 sob o comando de Urijah Faber, Thanh Le (6-1) buscará mostrar sua evolução desde a participação no reality quando voltar a um território familiar nesta semana. Le chamou atenção no programa como um striker técnico e criativo que aplicou um nocaute impressionante na rodada de eliminação, conquistando um lugar na casa.
Ele tentará causar um impacto semelhante desta vez, mas terá uma árdua tarefa com Lazar Stojadinovic (12-5), que integra a equipe da American Top Team na Flórida. Stojadinovic vem de oito vitórias consecutivas, incluindo uma decisão sobre o veterano Mike Richman em janeiro, que garantiu sua vaga neste confronto.
SIDNEY OUTLAW X MICHAEL CORA
Sidney Outlaw (“Fora da Lei”) (8-4) tem um nome que parece feito para o MMA. O prospecto de 25 anos é treinado pelo ex-UFC Dante Rivera em sua academia em Nova Jersey, e recentemente somou duas vitórias consecutivas. Outlaw se manteve sempre ativo durante sua carreira competindo em diversas organizações na costa leste, incluindo várias lutas pelo Ring of Combat, de onde saíram nomes como Chris Weidman e Uriah Hall.
Michael Cora (4-1) pode não ter um nome tão chamativo, mas definitivamente tem um currículo que faz jus a esta oportunidade. Cora é o tipo de lutador que vai para o tudo ou nada, e conquistou suas quatro vitórias consecutivas por nocaute. Em suas luta mais recente, ele demoliu Will Starks no primeiro round. Este duelo marcou a terceira vez consecutiva que Cora liquidou seu adversário no terceiro round, então não pisque quando ele enfrentar Outlaw na primeira luta da noite.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC