Pular para o conteúdo principal

Edgar domina Faber e pede cinturão

 Ex-campeão dos leves pressionou o adversário a todo instante e venceu por decisão unânime


Como era esperado, Frankie Edgar e Urijah Faber fizeram um grande duelo na luta principal do UFC Manila, neste sábado (16). Os lutadores vieram com propostas parecidas, tentanto pressionar o adversário e usar o forte wrestling. Melhor para o ex-campeão dos leves, que fez ótimo uso de sua envergadura e dominou o adversário nos cinco rounds do confronto, vencendo o combate por decisão unânime

"Quis deixar minha marca. Urijah é um cara muito duro, está no lugar que merece, é uma grande lenda do esporte e foi importante para mim derrotá-lo. Acelerei o ritmo quando precisei, mas ele é um cara muito técnico", comentou Edgar, que pediu novamente uma chance pelo cinturão: "Quero o título. Quero lutar novamente pelo cinturão. Não sou apenas eu que desejo isso, mas meus filhos. Mereço uma nova chance".

- Brasileiro Dhiego Lima é nocauteado no card preliminar do UFC Manila

Na segunda luta mais importante, Gegard Mousasi mostrou que é um lutador cada vez mais completo e derrotou Costas Philippou por decisão unânime. O ex-campeão do Strikeforce dominou o combate e garantiu a 37ª vitória na carreira. "Ele era muito forte, tentou defender as posições no chão, então tive que usar a inteligência para manter a luta ali. Eu não queria ser nocauteado e sei que o Philippou tem esse poder, então resolvi controlar a luta de outra forma". Esta é a segunda vitória consecutiva de Mousasi, que anteriormente nocauteou Dan Henderson no UFC Estocolmo, em fevereiro.

- Confira todas as estatísticas

Na sua despedida do MMA, Mark Muñoz teve uma performance dominante e venceu Luke Barnatt por decisão unânime. O norte-americano de ascendência filipina pressionou o inglês do início ao fim do combate, mostrando a força de seus punhos e todo o seu jogo de wrestling. "Queria agradecer os fãs das Filipinas. Representei vocês do fundo do meu coração. Eu amo vocês e minha família. Quando eu era criança, eu assistia desenhos com super-heróis e queria representar isso para vocês. Só tenho a agradecer todo o apoio. Muito obrigado ao UFC, ao Dana White e a todos que me ajudaram a construir minha história no MMA. Ela é linda".

- Mark Muñoz se despede do MMA com vitória sobre Luke Barnatt

Em um combate entre duas grandes promessas dos meio-médios, Neil Magny venceu Hyun Gyu Lim por nocaute técnico no segundo round. O norte-americano passou um verdadeiro sufoco, sendo quase nocauteado no primeiro round, mas se recuperou, quase finalizou o sul-coreano no final do primeiro período e deu números finais no segundo assalto, com um forte ground and pound. É a sétima vitória consecutiva de Magny. "Ele veio muito forte no primeiro round e eu fiquei tonto, mas depois consegui colocar para baixo e vencer. Ele é um cara muito talentoso e espero grandes desafios daqui pra frente, como o Rick Story", falou o norte-americano. Apesar do desejo de Magny, Story tem compromisso marcado contra o brasileiro Erick Silva na final do TUF Brasil 4, em 27 de junho.

- Neil Magny vence mais uma e continua 'imbatível' nos meio-médios

Em sua estreia no Ultimate, o peso-pena Levan Makashvili levou a melhor sobre Mark Eddiva e venceu o duelo por decisão dividida. O norte-americano fez bom uso de seu wrestling e conseguiu boas quedas, mantendo-se em posição de domínio na maior parte do combate. Na mesma categoria, Phillipe Nover venceu o sul-coreano Yui Chul Nam também por decisão dividida em uma luta bem movimentada, onde ambos os lutadores mostraram muita garra.

Confira os resultados do UFC Manila.

Card Principal
Frankie Edgar venceu Urijah Faber por decisão unânime (triplo 50-45)
Gegard Mousasi venceu Costas Philippou por decisão unânime (triplo 30-27)
Mark Muñoz venceu Luke Barnatt por decisão unânime (29-28; 30-27; 30-27)
Neil Magny venceu Hyun Gyu Lim por nocaute técnico no R2
Phillipe Nover venceu Yui Chul Nam por decisão dividida (28-29;29-28;29-28)
Levan Makashvili venceu Mark Eddiva por decisão dividida (29-28;28-29;29-28)

Card Preliminar
Jon Tuck venceu Tae Hyun Bang por finalização no R1
Kajan Johnson venceu Zhang Lipeng por decisão unânime (30-27;29-28;29-28)
Li Jingliang venceu Dhiego Lima por nocaute no R1
Ning Guangyou venceu Royston Wee por nocaute técnico no R2
Jon Delos Reyes venceu Roldan Sangcha-an por finalização no R2
Yao Zhikui venceu Nolan Ticman por decisão dividida(29-28;28-29;29-28)