Pular para o conteúdo principal
Sean Strickland, Paulo Costa, Khamzat Chimaev and Robert Whittaker
Atletas

A elite do peso-médio estará em foco no UFC no mês de junho

Enquanto Dricus du Plessis aguarda sua primeira defesa de cinturão, lutadores Top 10 da categoria se enfrentam em duelos importantes nos próximos dias

O cenário da divisão dos pesos-médios está prestes a sofrer mudanças significativas com várias lutas importantes programadas para junho. Após Dricus Du Plessis conquistar o cinturão no UFC 297, em janeiro, a categoria ficou em um período calmo enquanto o campeão se prepara para sua primeira defesa. No entanto, os próximos 30 dias prometem ser agitados, com seis dos dez melhores lutadores do ranking se enfrentando. 

UFC 302 (1/6/2024) - Sean Strickland x Paulo "Borrachinha" 

O primeiro desses confrontos ocorre no UFC 302, onde o ex-campeão Sean Strickland enfrentará Paulo "Borrachinha" na luta co-principal do evento.  

O norte-americano, que perdeu seu título para Dricus Du Plessis, está determinado a reconquistar sua posição no topo da divisão. Conhecido por seu estilo agressivo e resiliente, Strickland buscará impor seu ritmo desde o início do confronto para ter uma nova chance de lutar pelo cinturão. 

Por outro lado, "Borrachinha" quer provar que seu lugar é entre os melhores da divisão até 84 Kg. Desde 2020, o brasileiro lutou apenas quatro vezes, com sua única vitória sendo contra Luke Rockhold. No entanto, sua habilidade de nocautear e seu estilo explosivo fazem dele uma ameaça constante.

Sean Strickland golpeia Uriah Hall na luta principal do UFC Vegas 33. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Sean Strickland golpeia Uriah Hall na luta principal do UFC Vegas 33. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


UFC Louisville (8/6/2024) - Jared Cannonier x Nassourdine Imavov 

Logo após o UFC 302, o Octógono desembarca Louisville, Estados Unidos, onde Jared Cannonier enfrentará Nassourdine Imavov na luta principal.  

Cannonier, que está em uma sequência de vitórias após derrotar Sean Strickland e Marvin Vettori, busca consolidar sua posição como um dos principais candidatos ao título. Os triunfos sobre ambos foram um marco significativo para o norte-americano, já que mostrou sua capacidade de dominar adversários de alto nível. 

Para Nassourdine Imavov, esta luta representa uma oportunidade crucial. Vindo de uma vitória sobre Roman Dolidze, o francês busca sua segunda vitória em uma luta principal. Um triunfo em cima de Cannonier poderia catapultá-lo para o topo do ranking e potencialmente garantir uma disputa pelo título em um futuro próximo.

Jared Cannonier e Marvin Vettori conversam após a luta principal do UFC Vegas 75. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Jared Cannonier e Marvin Vettori conversam após a luta principal do UFC Vegas 75. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


UFC Arábia Saudita (22/6/2024) - Robert Whittaker x Khamzat Chimaev 

O mês de junho ainda terá um confronto importante para o peso-médio no primeiro evento do UFC na Arábia Saudita, onde o ex-campeão Robert Whittaker enfrentará o invicto Khamzat Chimaev.  

Whittaker, que dominou a divisão dos pesos-médios antes da ascensão de Israel Adesanya, busca retornar ao topo e ter um segundo reinado. Sua última vitória contra Paulo "Borrachinha" no UFC 298, em fevereiro deste ano, demonstrou que ele ainda é um dos melhores da categoria. 

Chimaev, por sua vez, é considerado um verdadeiro fenômeno. Desde sua estreia, ele tem impressionado com seu estilo agressivo e versatilidade. Sua vitória sobre Kamaru Usman em outubro de 2023 cimentou sua posição na categoria e um triunfo sobre Whittaker poderia garantir uma disputa pelo cinturão.

Robert Whittaker golpeia Marvin Vettori no UFC Paris, em 2022. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Robert Whittaker golpeia Marvin Vettori no UFC Paris, em 2022. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)


Com essas lutas programadas, junho promete ser um mês crucial para o peso-médio. Com Du Plessis como novo campeão, há um cenário imprevisível e emocionante na categoria, onde qualquer um dos principais lutadores pode reivindicar o cinturão. Seja Strickland, Borrachinha, Cannonier, Imavov, Whittaker ou Chimaev, todos têm a oportunidade de se posicionar como o próximo desafiante.